loading

"Varandas fazia figura de parvo. Pessoas mais esquecidas que ouçam escutas do Apito Dourado"

O futebol português, palco de paixões e rivalidades, vê-se novamente envolvido numa controvérsia que tem como protagonista o empresário César Boaventura.

"Varandas fazia figura de parvo. Pessoas mais esquecidas que ouçam escutas do Apito Dourado"
Liga Portugal

"Benfica não está no processo Boaventura. Não reconheço moral a Pinto da Costa", observa ex-dirigente do Sporting.

A condenação recente por tentativa de influenciar jogadores do Rio Ave em 2016, num alegado esquema para favorecer o Benfica, tem gerado reações divergentes, abrindo uma nova página de debates sobre ética e transparência no desporto.

O Tribunal de Matosinhos foi palco desta decisão, condenando Boaventura por tentar "comprar" jogadores do emblema vila-condense, numa ação que, segundo a acusação, tinha como objetivo favorecer os encarnados.

No entanto, o empresário com ligação conhecida ao Benfica e conhecido pelo seu envolvimento no meio desportivo, nega veementemente as acusações e já anunciou a intenção de recorrer da decisão, alegando inocência.

A controvérsia ganha novos contornos quando observamos o comportamento dos clubes envolvidos e a reação de algumas figuras proeminentes no futebol português.

"Frederico Varandas já falou sobre o assunto numa altura em que as pessoas não falavam"

Neste sentido, um dos primeiros a manifestar a sua opinião foi Pinto da Costa, presidente do FC Porto, que expressou surpresa perante o silêncio do Sporting no que diz respeito a este caso.

Contudo, Carlos Barbosa da Cruz, antigo dirigente do Sporting e atual presidente do Grupo Stromp, veio a público recordar que Frederico Varandas, presidente do Sporting, já se pronunciou sobre o assunto numa altura em que, segundo Barbosa da Cruz, "as pessoas não falavam" sobre o caso.

"Frederico Varandas já falou sobre o assunto numa altura em que as pessoas não falavam, estavam caladas e ele chegou-se à frente", começou por lembrar o sócio leonino, em declarações na CMTV, citado pelo jornal 'Bancada.pt'.

O ex-dirigente do emblema de Alvalade defendeu ainda que, se Varandas se pronunciasse agora, dada a ausência do Benfica no processo judicial, faria "figura de parvo".

"O Frederico Varandas fazia figura de parvo, ainda por cima, que lhe fica mal, se fosse dizer que o Benfica afinal tem responsabilidades numa coisa em que a Justiça já se pronunciou", observou Barbosa da Cruz.

"Se há quem, em Portugal, tenha denunciado todo o estado de traficâncias que infelizmente graçam no futebol português foi Frederico Varandas e, se, há pessoa, em Portugal, que menos autoridade moral tem para criticar questões de corrupção é Pinto da Costa" frisou.

"As escutas do Apito Dourado não foram utilizadas em termos processuais mas andam aí no Youtube. E, portanto, eu aconselho às pessoas mais esquecidas que as ouçam para tirar as suas conclusões. Neste aspeto, Pinto da Costa tem um total e absoluta falta de legitimidade para falar", destacou ainda.

No entanto, Carlos Barbosa da Cruz não se limitou a comentar a postura do Sporting. O advogado aproveitou para questionar a relação entre o Ministério Público e o Benfica, especialmente no contexto das investigações recentes.

O presidente do Grupo Stromp referiu-se ao caso E-Toupeira, onde identificou uma "insuficiência de investigação", e ao processo César Boaventura, salientando que não compreende a posição do Ministério Público.

"No caso do E-Toupeira claramente houve uma insuficiência de investigação, aqui neste caso [processo César Boaventura] eu não sei se o Ministério Público investigou ou não investigou as ligações de Luís Filipe Vieira com o arguido neste processo. Se não o fez, deveria ter feito", lembrou Barbosa da Cruz.

"Parece que há um escudo invisível de cada vez que o Benfica é investigado", alertou o conhecido adepto dos leões.

"Há uma situação processualmente clara. O Benfica está fora deste processo (César Boaventura). O estar a clamar que o Benfica tem que ser investigado, estar a clamar que o Benfica está envolvido é, no fundo, puramente demagógico porque o Benfica formalmente não está envolvido neste processo. Bem ou mal não foi", rematou-

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem será o próximo presidente FC Porto?