loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

LE: Abel acredita que Sporting pode vencer, finalmente, na Alemanha

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O antigo futebolista do Sporting Abel reconhece que o Wolfsburgo é favorito na eliminatória dos 16avos de final da Liga Europa, mas que os ‘leões’ podem surpreender e, finalmente, vencer na Alemanha.
LE: Abel acredita que Sporting pode vencer, finalmente, na Alemanha

“Mais do que olhar para o adversário, que é extremamente forte, tem melhores jogadores, melhor equipa e um poder financeiro completamente diferente, o Sporting não pode entrar derrotado à partida. Tem de encarar a eliminatória como um grande desafio e acho que pode acontecer uma surpresa”, afirmou o ex-lateral direito dos ‘leões’, em declarações à agência Lusa.

Abel foi inequívoco a atribuir o favoritismo aos germânicos na eliminatória da Liga Europa, em que o Sporting joga na Alemanha, onde nunca venceu, na quinta-feira, e recebe o Wolfsburgo, a 19 de fevereiro, sem que isso seja uma garantia de vitória.

“O lado apaixonante do futebol é a incerteza do que pode ser o resultado final. Ninguém garante que a equipa que joga melhor, tem mais posse de bola, que pressiona mais e remata mais possa ganhar. Se fosse assim, as equipas com os melhores jogadores ganhariam sempre e não é assim”, frisou.

Abel recordou que o Sporting aproveitou um “mau momento” do Hertha Berlim, para vencer, por 1-0, na fase de grupos da segunda competição europeia de clubes, pela primeira vez uma equipa alemã, em outubro de 2009, em contraste com o ocorrido na época anterior, nos oitavos de final da Liga dos Campeões.

“Tivemos a felicidade de fazer história, de entrar na segunda fase da Liga dos Campeões e apanhar o Bayern Munique. Toda a gente se lembra que foram dois jogos em que ficou evidente a diferença entre as duas equipas”, lembrou Abel, aludindo à eliminatória decidida por 12-1 a favor dos bávaros.

O antigo treinador da equipa B do Sporting atribui estes desequilíbrios “à cultura dos países” e “à dimensão económica que se reflete nos clubes”.

“O Sporting, neste confronto que vai ter, não tem nada a perder, porque o favoritismo está do outro lado. Em condições normais vai passar a equipa mais forte, como ficou evidente na vitória por quatro golos do Wolfsburgo ao Bayern Munique (4-1), mas o futebol é fantástico porque há sempre a possibilidade de a equipa mais pequena ganhar e eu acredito piamente que os jogadores e o técnico do Sporting se vão agarrar a ela”, sublinhou.

Nos 10 jogos disputados na Alemanha, os ‘leões’ apenas conseguiram empatar uma vez, no terreno do Bayern Munique – num jogo em que Abel não saiu do banco –, mas o antigo futebolista destaca o “desafio” aliciante de quebrar esta tendência.

“Acima de tudo, passa por esse desafio, de poder ‘matar um borrego’. Depois, o Sporting, como equipa, tem um teste à sua capacidade e ao trabalho. Mais do que olhar para o adversário, o Sporting tem de encarar a eliminatória pelo lado do desafio, da superação, individual e coletiva, de eliminar um clube que tem outros recursos”, rematou.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página