loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Crónica: México vence Coreia do Sul e está com «pé e meio» nos oitavos de final

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Até onde o Benfica vai chegar este ano na Liga Europa?

A seleção mexicana venceu hoje por 2-1 a Coreia do Sul, em jogo da segunda jornada do grupo F do Mundial 2018, ficando muito perto de se qualificar para a próxima fase.
Crónica: México vence Coreia do Sul e está com «pé e meio» nos oitavos de final

Na Arena Rostov, a Coreia do Sul somou o oitavo jogo seguido sem vencer em Mundiais, num encontro em que lutou muito, tendo criado várias oportunidades, mas caiu ante o maior nível e experiência dos mexicanos, que já tinham vencido, na primeira ronda, a Alemanha (1-0), e hoje voltaram a apresentar-se em bom nível.

Carlos Vela, de penálti, aos 26 minutos, e Javier Hernández, aos 66, fizeram os golos do México, enquanto Son Heung-min reduziu para a Coreia do Sul, aos 90+3, com um grande remate de fora da área.

A toada da partida pautou-se pelo equilíbrio, ainda que o jogo tenha tido mais oportunidades depois dos 15 minutos iniciais, com Ki, aos 23, a cabecear para defesa apertada de Ochoa, na sequência de um livre.

Três minutos depois, o México adiantou-se na conversão de uma grande penalidade por Carlos Vela, após Jung Seung-hyeon cortar a bola na área com o braço.

Depois do controlo mexicano até final do primeiro tempo, a segunda parte continuou ‘viva’ e repleta de oportunidades dos dois lados, acabando por ‘brilhar’ os guarda-redes de parte a parte, o mexicano Ochoa e o sul-coreano Cho Hyun-woo, com várias defesas.

Aos 66, Javier Hernández resolveu o encontro em mais um contra-ataque rápido do México, com ‘Chicharito’ a finalizar um lance conduzido por Lozano.

Os sul-coreanos, a perder por dois e com o adversário a controlar a posse de bola, não baixaram os braços e ainda reduziram, no terceiro minuto de descontos.

Son Heung-min fez jus ao estatuto de ‘estrela’ dos coreanos com um grande golo, rematando de pé esquerdo de fora da área, em arco, sem hipóteses para Ochoa.

O México, que derrotou a Alemanha na primeira jornada, lidera o grupo com seis pontos, mais três do que a Suécia, enquanto a Alemanha, campeã do mundo em título, e a Coreia do Sul se mantêm a zero.

A seleção americana assegura o apuramento se a Suécia empatar ou ganhar à Alemanha, em jogo marcado para as 19:00. Um triunfo dos nórdicos também lhes assegura a qualificação e dita o afastamento dos germânicos.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler