loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Abel: «Se contratarmos o Guardiola, o Sterling, o Messi e o Cristiano Ronaldo...»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o adversário mais acessível nas competições europeias?

O técnico do Sporting de Braga, Abel Ferreira desvalorizou hoje a menor posse de bola da sua equipa e afirmou esperar uma reação do Feirense à crise que atravessa, na sexta-feira, na 13.ª jornada da I Liga.
Abel: «Se contratarmos o Guardiola, o Sterling, o Messi e o Cristiano Ronaldo...»

O Feirense não vence há quase quatro meses [em Guimarães, por 1-0, a 20 de agosto] e tem um dos piores ataques da prova, sendo que fora é mesmo o pior, com apenas dois golos marcados, mas, também por isso, Abel Ferreira diz aguardar dificuldades de uma equipa "que vai querer reagir".

"Até há pouco tempo, era uma das melhores defesas, não só de Portugal, como da Europa, o que diz bem da sua capacidade, junta bem as linhas coletivamente e sabe muito bem o que faz e privilegia as saídas rápidas para o ataque", afirmou o técnico bracarense.

Segundo Abel Ferreira, "o Braga tem de desafiar os seus limites a cada jogo e manter o seu foco e concentração nas suas missões táticas específicas, tem de impor o seu jogo".

No final do jogo com o Tondela, da passada jornada [vitória por 1-0]), Abel Ferreira como lacuna “aquele ‘upgrade', que é que o jogo continua 0-0 [depois de marcar] e continuar à procura da baliza do adversário”.

Questionado sobre se é essa parte mental que tem de ser mais trabalhada para a equipa melhorar, o técnico começou por ironizar, desvalorizando também a menor posse de bola que a equipa tem tido.

"Se contratarmos o Guardiola, o Sterling, o Messi e o Cristiano Ronaldo acho que vamos melhorar. Nós não temos só uma arma de ataque e criámos oportunidades em todos os jogos. Utilizamos a posse de bola como uma ferramenta para criar oportunidades, se quiser fazer posse de bola, faço no treino em cima da minha baliza, no jogo é para desequilibrar e fazer mossa ao adversário porque as regras no futebol são simples, ganha a equipa que faz mais golos", sentenciou.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018
Portimonense - V. Setúbal, 3 - 1
Sp. Braga - Feirense, 4 - 0

Sábado, 15 de Dezembro de 2018
Desp. Chaves - Moreirense, 1 - 2
Boavista - Tondela, 2 - 0
Desp. Aves - V. Guimarães, 1 - 1
Santa Clara - FC Porto, 1 - 2

Domingo, 16 de Dezembro de 2018
Rio Ave - Belenenses SAD, 2 - 2
Marítimo - Benfica, 0 - 1
Sporting - Nacional, 5 - 2

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler