loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Pinto da Costa: «Sensibilizou-me imenso o entusiasmo do Pepe e o que abdicou»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o adversário mais acessível nas competições europeias?

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, mostrou-se hoje «sensibilizado» com o desejo de regresso revelado por Pepe, considerando que será um jogador «muito útil» à equipa de Sérgio Conceição.
Pinto da Costa: «Sensibilizou-me imenso o entusiasmo do Pepe e o que abdicou»

“Naturalmente que, para além de todo o seu valor e a vontade do nosso treinador que ele ingressasse no FC Porto, sensibilizou-me imenso o entusiasmo do Pepe regressar e o que abdicou. Assisti à pressão sobre ele de dois grandes clubes europeus, onde ia ter contrato cinco ou seis vezes maior, e a sua determinação foi sempre de que queria jogar no FC Porto”, regozijou-se.

Em declarações ao Porto Canal, o dirigente assumiu-se “feliz” pelo desenlace, classificando Pepe como uma “mais-valia para o plantel”.

“É um jogador indiscutivelmente titular da seleção nacional, equipa campeã da Europa de que fez parte. (…) Tenho a certeza de que vai ser muito útil”, sublinhou.

O atleta de 35 anos, que se vinculou por duas épocas e meia, passou pelo FC Porto entre 2004 e 2007 e recentemente rescindiu contrato com o Besiktas, da Turquia.

Na sua primeira passagem pela Invicta, o central de origem brasileira ajudou os azuis e brancos a conquistar dois campeonatos, uma Taça de Portugal e duas Supertaças, tendo em 2007 saído para o Real Madrid, em que passou 10 temporadas.

“Pepe disse ao seu empresário que este era o seu clube e que era aqui aonde queria voltar. Felizmente está em situação que não o obriga a ser escravo do dinheiro. Vê-se nas palavras e atitudes que está inteiramente feliz”, congratulou-se.

Pinto da Costa realçou o seu agrado ao perceber a vontade do atleta: “Estamos felizes por ao fim de tantos anos fora, com carreira internacional e campeão da Europa várias vezes, e pela seleção, com uma carreia extraordinária, sentir o carinho que tem pelo clube onde saiu há 11 anos é coisa que me sensibiliza muito”.

“Vai ser exemplo para os nossos jovens centrais, certamente com futurou risinho e fantástico. Por tudo isso, foi uma boa jogada para todos o regresso de Pepe ao seu clube do coração”, concluiu.

Com os ‘merengues’, Pepe ganhou três Ligas dos Campeões, três ligas espanholas e duas Taças do Rei, antes de em 2017 rumar para o Besiktas.

Formado no Corinthians Alagoano, Pepe chegou à Madeira, para representar o Marítimo, com apenas 17 anos.

A nível de seleção, o central é sexto jogador da história com mais internacionalizações pela seleção portuguesa, com 102, e ajudou a formação das ‘quinas’ a conquistar o Euro2016, em França.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler