loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

LE: Nápoles e Chelsea com ‘pé e meio’ nos ‘quartos’, Rodrigo adianta Valência

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

Nápoles e Chelsea deram hoje um passo importante rumo aos quartos de final da Liga Europa de futebol, enquanto o Valência se adiantou na primeira mão dos ‘oitavos’ frente ao FC Krasnodar, com dois golos do ex-benfiquista Rodrigo.
LE: Nápoles e Chelsea com ‘pé e meio’ nos ‘quartos’, Rodrigo adianta Valência

Na ‘ressaca’ da derrota com a Juventus, para a Liga italiana, o Nápoles, com o internacional português Mário Rui de início, recebeu e venceu por 3-0 o pentacampeão austríaco Salzburgo, ganhando considerável vantagem para a visita à Áustria, na próxima semana.

No Estádio San Paolo, o conjunto orientado por Carlo Ancelotti chegou ao intervalo a vencer por dois golos, apontados pelo polaco Arkadiusz Milik e o espanhol Fabián Ruiz, aos 10 e 18 minutos, tendo fechado as contas no segundo tempo, com um golo de Jerome Onguene na própria baliza, aos 58, na sequência de um cruzamento de Mário Rui.

Em Londres, o Chelsea, vencedor da prova em 2013, numa final com o Benfica, alcançou o mesmo resultado (3-0), diante do Dinamo Kiev.

O espanhol Pedro (17 minutos), o brasileiro Willian (65) e o prodígio Callum Hudson-Odoi (90), que já despertou a cobiça do Bayern de Munique, foram os artífices do triunfo dos ‘blues’, que deixaram a qualificação bem encaminhada.

Já o Valência, que contou com o avançado luso Gonçalo Guedes durante 70 minutos, ganhou vantagem perante os russos do FC Krasnodar, vencendo por 2-1 no Estádio Mestalla, graças a um ‘bis’ do antigo avançado do Benfica Rodrigo, aos 12 e 24 minutos.

Contudo, o sueco Viktor Claesson reduziu a desvantagem dos visitantes aos 63 minutos e deixou a eliminatória em aberto para a segunda mão, em Krasnodar.

Antes, já se tinham disputado as outras cinco partidas dos oitavos de final, entre as quais a visita do Benfica ao Dinamo Zagreb, que culminou numa derrota dos ‘encarnados’, por 1-0, com uma grande penalidade convertida por Bruno Petkovic, aos 38 minutos.

O Zenit ficou em situação difícil na competição, ao perder por 3-1, em casa, frente ao Villarreal, que tinha eliminado o Sporting na ronda anterior.

O Arsenal, outro dos candidatos à presença na final também ficou em maus ‘lençóis’, com um desaire por 3-1 em Rennes, enquanto o Sevilha, recordista de troféus da prova, empatou 2-2 na receção aos checos do Slavia de Praga, num encontro em que André Silva e Daniel Carriço não saíram do banco dos andaluzes.

No outro encontro da ronda, Eintracht Frankfurt e Inter de Milão não saíram de um nulo (0-0), sendo que Gonçalo Paciência, nos alemães, e Cédric Soares, nos italianos, entraram na segunda parte.

Os jogos da segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa estão marcados para 14 março.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página