loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Boavista tem a a expectativa de "fazer melhor do que na época passada"

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

O Boavista parte para a época futebolística 2019/2020 com a expectativa de "fazer um campeonato tranquilo e melhor do que na época passada" e ainda sem Mateus, Bueno e Yusupha, que deverão apresentar-se "mais tarde".
Boavista tem a a expectativa de "fazer melhor do que na época passada"

O mote foi hoje dado pelo médio e capitão Idris no final do treino que a equipa orientada por Lito Vidigal efetuou no Estádio Bessa, no Porto, e que foi presenciado por cerca de duas centenas de adeptos, que no final brindaram os jogadores com uma salva de palmas.

A sessão começou num campo secundário anexo com exercícios físicos e com bola, prosseguiu no relvado principal e foi sempre aberta ao público.

O defesa central Ricardo Costa, de 38 anos, que é o mais recente reforço ‘axadrezado’, já integrou os trabalhos, assim como os restantes três que o Boavista anunciou, o médio Paulinho (xx-Sporting) e os paraguaios Walter Clar e Fernando Cardoso, emprestados pelo Sol America e Clube Olímpia, respetivamente.

Gonçalo Cardoso, que está com a seleção nacional de sub-19, Robson, Sparagna, Jeka, Bueno, Yusupha e Mateus, ao serviço da seleção angolana no Campeonato Africano das Nações, foram "autorizados a apresentarem-se mais tarde", informou o Boavista.

O guarda-redes Helton Leite treinou à parte e recupera ainda da grave lesão que sofreu em fevereiro, quando era titular indiscutível da baliza ‘axadrezada’.

Em declarações prestadas à comunicação social, Idris identificou uma "vontade tremenda" no plantel e considerou que "isso é importante" para a equipa.

A expectativa é "fazer um campeonato tranquilo e melhor do que na época passada, tentar garantir o mais rapidamente possível a manutenção e, assim, evitar sofrer", apontou o veterano jogador senegalês de 34 anos e capitão de equipa nas últimas temporadas.

Idris disse que foi positiva a presença dos adeptos neste treino aberto, salientando que é "sempre bom a família boavisteira estar toda junta”.

"Ficamos ainda mais motivados quando os adeptos estão à nossa volta, porque sentimos o carinho que têm por nós", considerou, acrescentando que também foi "bom para os novos [jogadores] sentirem que os boavisteiros estão com a equipa”.

Questionado sobre se o Boavista pode fazer esta temporada melhor do que na anterior, Idris respondeu que isso terá de se ver “jogo a jogo".

"Sabemos a nossa realidade, temos uma equipa forte e queremos ir mais além, porque quanto mais acima melhor para nós", completou.

Sobre Ricardo Costa, afirmou que "todos sabem o valor e a experiência que ele tem e vem para ajudar", com a vantagem de que "já conhece a casa" porque foi no Boavista que fez a sua formação.

Fábio Espinho também disse que "objetivo é fazer sempre melhor do que na época passada, porque foi sempre esse o pensamento".

"É um orgulho trabalhar num clube grande como este, com um palmarés invejável, e todos estamos na luta para meter o Boavista na posição que merece", reforçou.

Vinte anos depois de ter saído para o rival FC Porto, Ricardo Costa está de volta ao clube onde fez a sua formação durante sete épocas e disse que "havia uma mágoa por ter jogado em todo o lado e não ter jogado" como sénior no Boavista, onde afirmou ter sido muito feliz e ter ainda "muitos amigos".

"Venho com as ambições máximas, para ser um profissional exemplar e dar o máximo, ajudar os colegas, porque se os ajudar eles vão ajudar-me de certeza", apontou Ricardo Costa.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler