loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Leonel Pontes: «Faltou uma pontinha de competência para finalizar»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações de Leonel Pontes, treinador do Sporting, após o jogo com o PSV Eindhoven (2-3), da primeira jornada do grupo D da Liga Europa de futebol, disputado no Philips Stadion, em Eindhoven, Holanda.
Leonel Pontes: «Faltou uma pontinha de competência para finalizar»

«Não há vitorias morais no futebol: ou ganhamos ou perdemos, ou podemos empatar. Mas [este jogo] deixa-nos também um certo gostinho àquilo que podemos fazer no futuro em termos de equipa.

É frustrante perder desta forma, mas perdemos com honra, perdemos com dignidade. A equipa teve momentos de boa qualidade, criámos muitas situações de golo, criámos mais problemas do que eles imaginavam que pudéssemos criar.

Pequenos erros que aconteceram no decorrer do jogo fizeram com que sofrêssemos os golos. Alguns [foram] erros de posicionamento, alguns erros de execução, algum azar pelo meio também, porque os golos aparecem em momentos em que até estávamos bem, e aquele terceiro golo à entrada da segunda parte penalizou-nos demasiado, porque estávamos convictos de que poderíamos chegar ao empate no decorrer da segunda parte.

Começámos provavelmente ao contrário daquilo que deveríamos ter feito, porque começámos a dominar e a jogar muito subido, e sabíamos o risco que era jogar subido contra uma equipa que tem quatro jogadores muito rápidos na frente. E isso penalizou-nos de certa forma e acabámos por sofrer dois golos à conta dessa pressão demasiado alta, em que as linhas se partiram e não conseguimos parar o ataque adversário.

Eu estou a fazer aquilo que tenho de fazer. Não vou abdicar de nada daquilo que são as minhas competências como treinador. É verdade que perdemos o jogo, mas demos uma mostra daquilo que podemos fazer no futuro. A conversa que tive com o presidente [do Sporting, Frederico Varandas] é entre mim e o presidente.

[Sobre quem é responsável por Pedro Mendes não ter sido inscrito na Liga portuguesa] Não faço ideia, eu estava nos sub-23.

Chegámos à área muitas vezes, rematámos muitas vezes, criámos várias situações de finalização. Foi um crime que eu cometi colocar o Vietto e o Jovane a competir, quando estiveram lesionados. O Vietto lesionou-se há duas semanas, o Jovane vem de uma lesão de não sei de quantos meses. E foi decidido entre nós: cada um vai jogar um período de tempo, para protegermos os jogadores, essa foi a ideia. A entrada do Jovane já estava programada antes. E a dinâmica da equipa do meio-campo para a frente na segunda parte foi muito boa, porque criámos várias oportunidades de golo. Faltou uma pontinha de competência para finalizar».

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página