loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Bruno Carvalho é o único candidato às eleições no Desportivo de Chaves

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting

O presidente do Desportivo de Chaves, Bruno Carvalho, que lidera o clube da II Liga portuguesa de futebol desde 2011, encabeça a única lista candidata às eleições, que se realizam na sexta-feira, para um mandato de dois anos.
Bruno Carvalho é o único candidato às eleições no Desportivo de Chaves

À frente dos destinos do clube desde 2011, então como presidente da comissão administrativa, e como presidente da direção desde 2013, Bruno Carvalho irá assumir novo mandato à frente do emblema de Trás-os-Montes para o biénio de 2019/2021.

Como presidente da mesa da assembleia mantém-se Fernando Campos, enquanto a liderar o conselho fiscal continua Carlos Castanheira Penas.

O ato eleitoral decorre na sexta-feira, entre as 14:00 e as 20:00, na secretaria do clube no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves.

Após as eleições, que decorrem no dia do 70.º aniversário do Desportivo de Chaves, realiza-se uma assembleia-geral extraordinária de sócios, às 21:00, no Auditório GATAT, em Chaves, para a apresentação dos resultados do ato eleitoral e a tomada de posse dos corpos gerentes.

O conjunto de Chaves, fundado em 1947, foi ‘resgatado' da insolvência em 2011, pelo investidor e atual presidente honorário Francisco Carvalho, pai do presidente da direção, Bruno Carvalho, e do presidente da SAD, Francisco José Carvalho.

Em 2013, o clube subiu do terceiro escalão à II Liga, e em 2016 regressou ao principal escalão após 17 anos de ausência. Após três temporadas consecutivas na I Liga, esta temporada está novamente ao segundo patamar do futebol português.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler