loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Luisão diz que «o Brasil não está preparado para o sucesso do Jorge Jesus»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Acha que Silas é uma boa opção para o Sporting?

Não tem passado despercebido em Portugal o trabalho de Jorge Jesus no Flamengo. Contudo, no Brasil, muitos continuam a não reconhecer o mérito do técnico português.
Luisão diz que «o Brasil não está preparado para o sucesso do Jorge Jesus»

Para Luisão, antigo capitão do Benfica, que viveu os melhores anos da carreira sob o comando de Jesus, o povo brasileiro não consegue reconhecer o sucesso dos outros, muito menos daqueles que vêm de fora.

Em entrevista ao portal «Goal.com», o ex-futebolista considera que os brasileiros estão sempre a procurar defeitos, e inclusive, deitam abaixo os próprios ídolos da seleção «canarinha».

«O Brasil não está preparado nem para o sucesso do Jorge Jesus e nem de ninguém, seja de dentro ou de fora. Por que digo isto? Nós, os brasileiros, procuramos sempre encontrar defeitos nos nossos próprios ídolos, queremos sempre deitá-los abaixo. Dou o exemplo do Ronaldo Fenómeno. Lembro-me que no Brasil só falavam do Ronaldo gordo, não do Ronaldo que fez tudo o que fez na carreira. O brasileiro tem dificuldade em aceitar o sucesso das pessoas, ainda mais se o sucesso é de quem vem de fora. Estamos sempre na defensiva. Digo isto aqui de fora, espero que as pessoas me compreendam. Lembro-me, por exemplo, de muita gente dizer mal do Jorge Jesus e ele tinha acabado de chegar. Faltou a humildade de dizer: 'vem, sê bem-vindo, mostra o que tens para nós e depois fazemos uma avaliação'. O brasileiro parou no tempo naquilo que é o desenvolvimento», criticou.

As palavras de Luisão acabam por ir ao encontro de algumas situações verificadas no percurso de Jesus no Flamengo. Importa recordar que quando o nome do treinador luso foi anunciado, muitos foram os comentadores a criticar a opção da direção do «mengão». Até depois dos bons resultados, alguma imprensa daquele país optou por destacar a importância da qualidade do plantel do emblema do Rio de Janeiro, branqueando a subida de produção da equipa com a chegada de Jesus.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler