loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Sérgio Conceição: «Os meus parabéns ao Vitória pela réplica que deu»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Outras Notícias

Sondagem

Com a vitória do FC Porto frente ao Benfica o campeonato está relançado?

Declarações de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, após a segunda meia-final da Taça da Liga de futebol, entre Vitória de Guimarães e FC Porto, disputado em Braga, que terminou com uma vitória dos 'dragões', por 2-1.
Sérgio Conceição: «Os meus parabéns ao Vitória pela réplica que deu»

"Foi um jogo equilibrado, competitivo, entre duas equipas que queriam estar na final. Os meus parabéns ao Vitória pela réplica que deu. Na primeira parte, o jogo foi equilibrado, mas estivemos mais próximos da baliza contrária. O único remate do Vitória foi a acabar a primeira parte, num lance em que dois jogadores escorregaram. Os jogadores tiveram alguma falta de aderência devido ao estado do relvado.

Na segunda parte, até ao penálti, houve mais controlo do jogo por parte do Vitória. O penálti fez-me lembrar o lance do ano passado, em que fizemos o penálti a acabar [contra o Sporting]. Nesse domínio do Vitória, não houve grandes situações de perigo e vimo-nos a perder com esse penálti. Houve uma grande demonstração de caráter na reação e demos a volta. Houve uma situação de golo anulado a acabar, mas parece-me bem anulado e foi um resultado justo.

Vamos ter de preparar o jogo com o Braga nestes dois dias, tendo em conta o trabalho do novo 'staff' técnico [do Braga], que tem essa ideia do [novo treinador] Rúben [Amorim]. Vamos prepará-lo da melhor maneira, para termos um resultado diferente do que tivemos no campeonato [derrota por 2-1].

É uma vitória que nos permite estar na final da Taça da Liga. Houve grande determinação e grande caráter por parte dos jogadores. Os jogadores que falharam o penálti no último jogo [com o Sporting de Braga] foram os que marcaram o golo neste jogo. O importante é melhorarmos no nosso trajeto. Quanto ao nosso futebol, ouvimos e aceitamos as críticas. A partir daí temos concentração máxima no que temos a melhorar. Ganhámos um jogo que nos permite discutir uma final e um título, no sábado.

Há duas ou três semanas, este relvado estava em pior estado, pelo menos na aparência. Os jogadores disseram-me que as mudanças de direção eram difíceis. Caíram várias vezes ao longo da partida. Que o relvado esteja um bocadinho melhor no sábado para o espetáculo ser também melhor.

Tenho contas a ajustar com a Taça da Liga, com a Taça de Portugal, com o campeonato [em alusão a títulos em que já falhou a conquista]. Trabalhamos para isso.

Depois da Taça da Liga, temos mais um jogo em casa com o Gil Vicente já na terça-feira. Queríamos que o jogo fosse na quarta-feira, mas não foi possível, porque o jogo com o Benfica [20.ª jornada] foi marcado para um sábado. Queríamos que fosse ao domingo, mas as nossas pretensões não foram atendidas. A partir daí, os jogos foram sempre recuando.

O Danilo tem sido um fantástico jogador ao nível do espírito de sacrifício. Tem jogado algo limitado. Achámos por bem hoje não o colocar. Tem sido um verdadeiro capitão."

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler