loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Carlos Carvalhal: «Hoje o Rio Ave merecia claramente vencer»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Acha que Rúben Amorim é o homem certo para treinar a equipa do Sporting?

Declarações de Carlos Carvalhal, treinador do Rio Ave, após o jogo Rio Ave-Sporting (1-1), da 21.ª jornada da I Liga de futebol, disputado hoje no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde.
Carlos Carvalhal: «Hoje o Rio Ave merecia claramente vencer»

“Custou muito [sofrer o empate a acabar], porque entrámos bem no jogo. Somos uma equipa que gosta de controlar o jogo com bola, mas tentámos trabalhar todos os momentos.

Quando o jogo se proporcionou para ataques rápidos, mostrámos que também somos fortes nesse momento. Fizemos um grande jogo e teríamos de concretizar o 2-0, para não correr riscos de numa situação fortuita, como foi o lance do penálti, conceder o golo.

Com muito respeito pelo Sporting e pelo Silas, hoje o Rio Ave merecia claramente vencer, mas isto não é uma questão de merecer e deu empate.

Houve um período em que tivemos algum défice na definição, mas éramos a equipa que criava mais oportunidades claras de golo. Depois melhorámos a nossa eficácia e hoje não fomos eficazes no último passe e mesmo na finalização.

Com um caudal tão grande, fica alguma frustração por só termos conseguido um ponto. Não perdemos há seis jogos, voltámos a fazer um grande jogo e atravessamos um excelente momento. Estamos aqui para animar o campeonato.

[Substituições tardias?] Só senti necessidade de mexer a dois minutos de fazer a primeira alteração. Estava a pressentir que íamos sofrer um golo por aquele lado. Nessa altura chamei o Nélson [Monte] para tentar retificar algum desequilíbrio.

Não assumimos nenhuma candidatura [a uma vaga europeia]. Desde o início do ano traçámos o lema de disputar o jogo pelo jogo. O Rio Ave sofreu uma grande transformação com uma série de jogadores que saíram. Foi feito um trabalho de base com o pressuposto de tentar ganhar cada jogo com a máxima ambição em todos os campos.

Ultimamente fizemos grandes jogos e a postura será igual até ao fim. Vamos perceber até onde conseguimos ir, focados sempre no caminho em vez do destino. Agora já estamos todos concentrados no jogo do Tondela”.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página