loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19: Governo de São Tomé envia amostras de passageiros para exames em Lisboa

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Acha que Rúben Amorim é o homem certo para treinar a equipa do Sporting?

O Governo de São Tomé e Príncipe enviou hoje para Lisboa amostras de passageiros instalados em quarentena, em dois hotéis da capital e no centro de estágio da Federação São-tomense de Futebol, para testes à covid-19, revelou fonte oficial.
Covid-19: Governo de São Tomé envia amostras de passageiros para exames em Lisboa

"Nós enviámos ainda hoje as amostras para o Instituto de Saúde Pública Ricardo Jorge, em Portugal, para que possamos confirmar se estamos ou não perante casos de coronavírus em São Tomé e Príncipe", disse aos jornalistas o diretor do Centro Nacional de Endemias, Carlos Bandeira de Almeida.

Ao todo, são 146 passageiros que chegaram a São Tomé há uma semana, procedentes de Lisboa e dos Camarões, mas não foi revelado o número de amostras enviadas para Portugal.

"Ninguém até agora apresentou temperaturas altas e também não têm apresentado sintomas nenhuns que possam corresponder ao coronavírus", explicou Carlos Almeida.

O diretor do Centro Nacional de Endemias sublinhou que ainda esta noite deverão chegar ao país materiais, da União Africana e da Organização Mundial de Saúde (OMS), de proteção individual e equipamentos que vão permitir fazer os testes à covid-19 no país.

Carlos Almeida garantiu que "até agora” o país está livre de casos do novo coronavírus.

Entretanto, hoje um voo da companhia aérea portuguesa TAP transportou para Lisboa cerca de 160 cidadãos europeus, na sua maioria portugueses.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais 505 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 23.000.

Dos casos de infeção, pelo menos 108.900 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a OMS a declarar uma situação de pandemia.

O continente africano registou até hoje 87 mortes devido ao novo coronavírus, ultrapassando os 3.200 casos, em 46 países.

Em Portugal, registaram-se 60 mortes, mais 17 do que na véspera (+39,5%), e 3.544 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que identificou 549 novos casos em relação a quarta-feira (+18,3%).

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página