loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Liga búlgara reinicia-se em 05 de junho e sem público

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

A Liga búlgara de futebol vai ser retomada em 05 de junho, depois de 12 semanas suspensa devido à pandemia covid-19, sem público nos estádios e com a fase de promoção reduzida, anunciou hoje a federação local.
Liga búlgara reinicia-se em 05 de junho e sem público

Em comunicado, a Federação búlgara alegou existir uma "enorme necessidade na sociedade" de que voltem a haver jogos e afirmou que vai seguir as recomendações da UEFA e dos responsáveis médicos para que a temporada termine da maneira mais justa possível.

O calendário apresentado hoje prevê que a competição termine em 11 de julho e que a fase de promoção e descida tenha apenas cinco jornadas, e não as habituais 10.

A final da Taça será disputada em 04 de julho e a Supertaça no dia 22 do mesmo mês, sendo que a temporada 2020/2021 tem início agendado para 25 de julho.

O Ludogorets, oito vezes consecutivas campeão da Bulgária, lidera a prova com 55 pontos e ainda menos um jogo disputado, sendo seguido a nove pontos por Lokomotiv Plovdiv, Levski Sofia e CSKA Sofia.

Com a declaração de pandemia, em 11 de março, inicialmente alguns eventos desportivos foram disputados sem público, mas, depois, começaram a ser cancelados, adiados - nomeadamente os Jogos Olímpicos Tóquio2020, o Euro2020 e a Copa América - ou suspensos, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais de todas as modalidades.

Os campeonatos de futebol de França e Países Baixos foram, entretanto, cancelados, enquanto o da Alemanha teve hoje permissão para voltar e Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal preparam igualmente o regresso.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 263 mil mortos e infetou cerca de 3,7 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de um 1,1 milhões de doentes foram considerados curados.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página