loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Basquetebol: Interesse geral na retoma pode ser ‘chave’ para acordo com DGS

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O interesse geral na retoma das competições desportivas de pavilhão pode ser a 'chave' para que seja alcançado um acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), considerou hoje o diretor de competições das Federação de basquetebol (FPB).
Basquetebol: Interesse geral na retoma pode ser ‘chave’ para acordo com DGS

Em declarações à Lusa, José Pinto Alberto preferiu “não avançar nada” sobre a reunião que terá lugar na sexta-feira entre as cinco federações das principais modalidades coletivas de pavilhão - andebol, basquetebol, futebol (futsal), hóquei em patins e voleibol - e a DGS, mas referiu que a retoma dos treinos coletivos e das competições durante a pandemia de covid-19 “é do interesse de todos”.

“Estamos convencidos de que, face à importância que tem a atividade desportiva, serão encontradas as melhores condições para a retoma”, sintetizou o dirigente federativo.

O interesse da retoma, lembrou Pinto Alberto, é transversal às cinco modalidades que vão reunir com a DGS, até porque “não há diferença” entre as mesmas que, para além de “particularidades que não interferem” no processo, têm como característica principal o facto de serem desportos “de pavilhão e coletivos”.

“Estamos num processo de diálogo com a DGS, com o acompanhamento, e muito bem, da Secretaria de Estado [da Juventude e do Desporto] e esperamos que fique definido o melhor possível os horizontes de retoma de treinos, sem restrições, e de competições, garantindo, ao mesmo tempo, as condições necessárias de saúde com o máximo de segurança para todos”, afirmou o diretor da FPB.

Questionado sobre a capacidade para corresponder a eventuais exigências de testagem à covid-19 e as condições para retomar todos os escalões competitivos, incluindo os de formação, o dirigente rejeitou tecer comentários e voltou a remeter para o “diálogo” com a DGS.

“Não nos permitimos tecer opiniões sobre algo que não sabemos. O que sabemos é que estamos num processo de diálogo para que a retoma possa ser feita. Não vamos avançar nada sobre o que se coloca em cima da mesa das conversações”, concluiu.

As medidas de desconfinamento devido à pandemia de covid-19 permitiram a retoma da atividade desportiva ao ar livre e das competições de modalidades individuais, sujeitas ao cumprimento das regras sanitárias da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De fora continuam as modalidades coletivas de pavilhão, às quais apenas é permitido o treino individual dos atletas.

As federações de andebol, basquetebol, hóquei em patins, futebol (futsal) e voleibol reúnem-se na sexta-feira com a DGS, no mesmo dia em que está prevista uma audiência conjunta do Comité Olímpico de Portugal, Comité Paralímpico de Portugal e Confederação do Desporto de Portugal na Assembleia da República.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página