loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Ricardo Carvalho diz que ‘Champions’ em Lisboa é reconhecimento da UEFA

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O antigo internacional português Ricardo Carvalho afirmou que a realização da fase final da Liga dos Campeões de futebol em Lisboa "é uma prova do reconhecimento da UEFA" por Portugal e pela Federação Portuguesa de Futebol.
Ricardo Carvalho diz que ‘Champions’ em Lisboa é reconhecimento da UEFA

"O Euro2020 e os Jogos Olímpicos foram cancelados, portanto, receber esta prova é um reconhecimento da UEFA perante o nosso país e a federação. É uma pena que não possa haver adeptos nos estádios, porque teria outra emoção", afirmou o ex-futebolista, durante um evento organizado por um patrocinador da Liga dos Campeões, em Lisboa.

A fase final da Liga dos Campeões, que será decidida numa inédita ‘final a oito', vai decorrer em Lisboa, nos estádios da Luz e José Alvalade, entre 12 e 23 de agosto.

Ricardo Carvalho, que atualmente é treinador adjunto de André Villas-Boas no Marselha, admitiu que vencer a prova ‘milionária' é "o sonho de qualquer jogador", sendo que ele próprio conseguiu concretizar esse sonho ao serviço do FC Porto, em 2004.

O antigo central de FC Porto, Chelsea, Real Madrid, Mónaco, entre outros, confessou que gostaria de ver o Chelsea novamente campeão europeu, ainda que a tarefa dos ‘blues' esteja complicada, tendo em conta a derrota por 3-0 frente ao Bayern de Munique, na primeira mão dos ‘oitavos'.

"Passei muito tempo no Chelsea [de 2004 a 2010], foi o clube onde joguei mais tempo. Tem uma tarefa mais difícil do que o Real Madrid. Gostava que os dois passassem, mas, se tivesse de escolher, gostaria que o Chelsea ganhasse", referiu.

Por outro lado, Ricardo Carvalho abordou o título de campeão nacional conquistado pelo FC Porto esta época, considerando que "foi mais do que merecido" e destacando a "união do grupo" que foi incutida pelo treinador Sérgio Conceição.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página