loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Vitória de Guimarães recorre do castigo de um jogo à porta fechada

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Vitória de Guimarães vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada imposto pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na terça-feira, confirmou hoje à Lusa fonte oficial dos minhotos.
Vitória de Guimarães recorre do castigo de um jogo à porta fechada

A punição respeita aos distúrbios ocorridos no jogo entre Vitória e Benfica, relativo à 15.ª jornada da I Liga portuguesa e disputado em 04 de janeiro, em Guimarães, com um triunfo ‘encarnado', por 1-0.

Os primeiros desacatos no Estádio D. Afonso Henriques surgiram após o golo do argentino Cervi, aos 23 minutos, com arremessos de tochas e de cadeiras entre um setor da bancada Nascente, reservado a adeptos vitorianos, e um outro da Norte, reservado a aficionados benfiquistas, que obrigaram a Polícia de Segurança Pública (PSP) a intervir e interromperam a partida por três minutos.

O desafio voltou a ser interrompido ao minuto 45, nos instantes finais da primeira parte, quando algumas cadeiras foram arremessadas de um setor vitoriano, e nos intervalos entre os minutos 61 e 63 e também 81 e 83, quando algumas tochas caíram no relvado a partir do setor ?encarnado'.

Num comunicado emitido na terça-feira, o CD da FPF puniu ainda os vimaranenses com uma multa de 29.631 euros e as ‘águias' com uma multa de 34.068 euros.

O Benfica foi ainda condenado a pagar ao Vitória os "danos causados num painel LED de publicidade", refere ainda o comunicado.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página