loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Boavista: Extremo Gustavo Sauer renova contrato por mais duas temporadas

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O extremo brasileiro Gustavo Sauer renovou hoje com o Boavista até junho de 2023, acrescentando mais duas temporadas ao vínculo contratual que tinha firmado com os ‘axadrezados’, anunciou hoje o clube da I Liga de futebol.
Boavista: Extremo Gustavo Sauer renova contrato por mais duas temporadas

“Para mim é um sonho realizado. Desde que cheguei fui muito bem recebido por todos e aqui sinto-me em casa. Estou muito feliz e sinto que o meu esforço foi recompensado”, expressou o dianteiro, numa nota publicada pelos portuenses nas redes sociais.

Gustavo Sauer, de 27 anos, cumpre a terceira época ao serviço do Boavista e marcou quatro golos em 41 jogos, metade dos quais no empate diante do recém-promovido Nacional (3-3), no sábado, em encontro da ronda inaugural do campeonato.

“Dei sempre o meu melhor por este clube e, a partir de agora, vou continuar a trabalhar a 100%. O projeto do Boavista é novo e ambicioso e acredito que tem tudo para dar certo. Cada adepto espera, no mínimo, espírito vencedor por parte de cada jogador”, frisou.

O emblema campeão nacional em 2000/01 tem revolucionado toda a estrutura durante o defeso, aproveitando o investimento do empresário hispano-luxemburguês Gérard Lopez, que acordou com a direção de Vítor Murta a compra da maioria do capital social da SAD.

“Chegou muita gente nova, que está a ser bem recebida, e procuramos construir uma família para termos resultados dentro das quatro linhas. Acredito numa grande época, mas vamos jogo a jogo”, apontou Gustavo Sauer, um dos ‘sobreviventes’ da última época.

A par do extremo esquerdino, apenas Rafael Bracali, Paulinho, Miguel Reisinho e Yusupha Njie permaneceram no plantel, perante o adeus de figuras recentes, casos de Helton Leite, Carraça, Gustavo Dulanto, Ricardo Costa, Neris, Idris, Obiora e Mateus.

“Jogar no Boavista e defender as cores ‘axadrezadas’ já é uma grande responsabilidade para todos”, concluiu o atleta formado no Joinville, com passagens pelos arménios do Gandzasar, os sul-coreanos do Daejeon Hana Citizen e os búlgaros do Botev Plovdiv.

Após a estreia na edição 2020/21 da I Liga, a formação orientada por Vasco Seabra prepara a receção ao campeão nacional FC Porto no sábado, às 21:00, no Estádio do Bessa, num dérbi da cidade Invicta relativo à segunda jornada.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página