loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Inglaterra: Guarda-redes Tom King marca golo a 96,01 metros e entra no Guiness Book

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O guarda-redes Tom King, do modesto Newport County, da quarta divisão inglesa de futebol, fixou em 96,01 metros o novo recorde do mundo para o golo mais distante, agora celebrado pelo Guiness Book of Records.

“King bateu oficialmente o recorde do golo marcado de maior distância em uma partida oficial de futebol, percorrendo a incrível distância de 96,01 metros”, refere o livro que regista todo o tipo de recordes, dos mais sérios aos mais insólitos.

Decorria o 12.º minuto do encontro contra o Cheltenham, na terça-feira, quando o guarda-redes cobrou um pontapé de baliza em que a bola subiu muito e caiu perto da meia-lua à entrada da área, passado posteriormente por cima do seu homólogo Joshua Griffith, abrindo o ativo de um jogo que terminaria 1-1.

“Estou absolutamente encantado por ter estabelecido o recorde. É algo que eu nunca sonhei em fazer, mas tenho certeza de que vai deixar a minha família e a minha futura família muito orgulhosas”, disse o guarda-redes de 25 anos.

No fim do jogo, antes de ver confirmado o recorde do mundo, King brincou dizendo que iria regressar ao estádio Jonny-Rocks para medir o seu feito.

“Espero que alguém possa verificar isso por mim – economizaria a viagem de voltar lá -, mas seria uma grande conquista”, gracejou, quando as imagens já eram virais na internet.

O anterior recorde datava de 2013 e também estava em solo inglês, quando o bósnio Asmir Begovic, do Stoke City, fez um golo a 91,9 metros, contra o Southampton, em desafio da Premier League.

Aconteceu logo ao 13.º segundo de jogo, num alívio do guarda-redes que contou com a dupla de centrais adversários a afastar-se da bola, o que surpreendeu o guardião contrário.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página