ESC ONLINE

Crónica: FC Porto vence com golo tardio de Taremi, mas está fora da Champions

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O FC Porto venceu hoje o Chelsea, na segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões em futebol, com um golo tardio de Taremi, em Sevilha, mas o resultado foi insuficiente para evitar a eliminação.
Crónica: FC Porto vence com golo tardio de Taremi, mas está fora da Champions

Depois da derrota por 2-0 na ‘receção’ da primeira mão, no mesmo local, o FC Porto precisava de marcar e não sofrer para reentrar na eliminatória e conseguiu fazê-lo, mas só aos 90+4 minutos, num pontapé acrobático do avançado iraniano.

Necessitado de marcar e não sofrer, o treinador, Sérgio Conceição, optou por deixar no banco Taremi, fazendo regressar Sérgio Oliveira (ambos falharam primeiro jogo por castigo) para formar o meio-campo com Grujic e Uribe e adiantando Otávio para jogar com Marega e Corona no ataque.

Do lado do Chelsea, o técnico alemão Thomas Tuchel também lançou de início o médio Kanté (para o lugar do lesionado Kovacic) e o defesa Thiago Silva (ambos suplentes utilizados na primeira mão), que formou a defesa a três com Rudiger e Azpilicueta, enquanto Pulisic foi o homem escolhido para o posto de Timo Werner, que desta vez ficou no banco.

O FC Porto entrou bem no jogo, com pressão e ascendente sobre a equipa do Chelsea nos primeiros 45 minutos, mas sem criar lances de perigo claros e a não conseguir evitar sustos, como aos oito minutos, num contra-ataque em que Mount rematou e a bola desviou num defesa, quase traindo Marchesín.

A equipa campeã nacional teve a jogada mais perigosa da primeira meia hora logo aos 11 minutos, quando Corona quase aproveitou um mau alívio do guarda-redes Mendy para fazer o golo, mas o remate foi cortado em última instância por Jorginho e a bola saiu à malha lateral externa da baliza inglesa.

Aos 26 minutos, numa recuperação de bola e contra-ataque iniciado por Kanté, foi Pepe quem valeu ao FC Porto, com dois cortes consecutivos a evitar males de maior para a descomposta defesa portuguesa.

O FC Porto teve nova boa chance de golo aos 33 minutos, com Corona a ganhar as costas à defesa inglesa e a ficar frente ao guarda-redes, mas o remate saiu muito por cima e chegou-se ao intervalo com o ‘nulo’.

A segunda parte começou com a mesma toada da primeira e, depois de várias tentativas da equipa portuguesa para se aproximar da baliza inglesa, sem sucesso, foi o Chelsea a criar perigo, aos 54 minutos, valendo aos portistas que Pulisic falhou o remate, após cruzamento da esquerda.

O Chelsea voltou a ameaçar aos 57 minutos, por Mount, com Manafá a reagir rápido e a cortar o lance, para, do outro lado, os portistas ripostarem aos 65, num cabeceamento fraco de Taremi (entrado pouco antes para o lugar de Grujic) que Mendy segurou.

Pepe voltou a ser providencial a cortar um remate de Pulisic, aos 70 minutos, enquanto a formação portuguesa via o tempo escassear sem conseguir ameaçar a baliza do Chelsea, que podia ter marcado aos 90+1, mas Marchesin defendeu e evitou o golo.

Já quase no fim, Taremi encaixou um pontapé de bicicleta sem hipóteses para Mendy e deu a vitória ao FC Porto, mas não evitou a eliminação da equipa portuguesa e a qualificação do Chelsea para as meias-finais, nas quais defrontará Real Madrid ou Liverpool.

Programa da jornada:

Terça-feira, 6 de Abril de 2021
Real Madrid - Liverpool, 3 - 1
Man City - Dortmund, 2 - 1

Quarta-feira, 7 de Abril de 2021
Bayern München - PSG, 2 - 3
FC Porto - Chelsea, 0 - 2

Terça-feira, 13 de Abril de 2021
PSG - Bayern München, 0 - 1
Chelsea - FC Porto, 0 - 1

Quarta-feira, 14 de Abril de 2021
Liverpool - Real Madrid, 0 - 0
Dortmund - Man City, 1 - 2

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página