Covid-19: Governo dos Açores vai reforçar medidas em Rabo de Peixe mas afasta cerca sanitária

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

As medidas de contenção da pandemia de covid-19 na vila de Rabo de Peixe, nos Açores, vão ser reforçadas, mas afasta-se uma nova cerca sanitária, disse hoje à Lusa fonte da Secretaria Regional da Saúde.
Covid-19: Governo dos Açores vai reforçar medidas em Rabo de Peixe mas afasta cerca sanitária

A freguesia de Rabo de Peixe, com cerca de 10 mil habitantes e localizada no concelho da Ribeira Grande, ilha de São Miguel, já esteve este ano cerca de dois meses sujeita a uma cerca sanitária, e agora vai ser alvo de uma “intervenção cirúrgica” que contempla o encerramento de escolas, restaurantes, cafés e tabernas locais.

Segundo a mesma fonte, além do encerramento destes espaços, a PSP vai reforçar a sua presença na vila piscatória, a par da intervenção de equipas multidisciplinares, sendo imposto também um recolher obrigatório durante a semana e o fim de semana.

O secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, dá esta tarde a habitual conferência de imprensa de quinta-feira para fazer um ponto de situação do combate à pandemia da covid-19 nos Açores e anunciar medidas.

A vila de Rabo de Peixe é composta por habitações de pequena dimensão onde são comuns agregados familiares com 10 ou mais pessoas.

Em 11 de março, o Governo dos Açores anunciou que decidiu levantar a cerca sanitária na vila, que vigorava desde 15 de janeiro, devido à covid-19, mas aumentou as medidas de contenção no concelho da Ribeira Grande para "alto risco".

“Considerando que a quase totalidade dos novos casos registados ocorreu fora do perímetro da cerca existente em Rabo de Peixe, foi determinado o levantamento da cerca”, avançou, na altura, Clélio Meneses.

Na quarta-feira, Rabo de Peixe registava 72 casos de covid-19, sendo a localidade da ilha de São Miguel e dos Açores com mais casos registados.

Os casos vieram a aumentar nos últimos dias, contrariamente aos números registados na região, que revelam uma tendência de descida, segundo a Autoridade Regional de Saúde.

De acordo com o mais recente boletim diário da Autoridade Regional de Saúde, emitido na quarta-feira, os Açores registaram 14 novos casos de covid-19, a par de 26 recuperações, estando internados no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, 11 pacientes.

A região conta com um total de 200 casos positivos, 185 dos quais em São Miguel, oito nas Flores, cinco na Terceira e dois em Santa Maria.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 5.099 casos, tendo recuperado da doença 4.746 pessoas.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.319.512 mortos no mundo, resultantes de mais de 159,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.998 pessoas dos 840.493 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página