loading

Inglaterra: Everton sofre primeira derrota e atrasa-se na corrida ao topo da Premier League

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Everton sofreu hoje a primeira derrota na Liga inglesa de futebol, no terreno do Aston Villa, por esclarecedores 3-0, e atrasou-se na luta pelos lugares cimeiros da prova, em jogo da quinta jornada.
Inglaterra: Everton sofre primeira derrota e atrasa-se na corrida ao topo da Premier League

Depois do ‘nulo’ registado ao intervalo, os ‘toffees’ viveram nove minutos de absoluto ‘desnorte’ no segundo tempo, durante os quais encaixaram golos de Matty Cash e Leon Bailey, aos 66 e 75 minutos, respetivamente, e ainda um autogolo de Lucas Digne pelo meio, aos 69.

A formação comandada por Rafa Benítez, que não utilizou o internacional português André Gomes, divide a vice-liderança com Manchester United, Chelsea, que ainda não jogaram nesta ronda, e Manchester City, todos com 10 pontos, mas falhou a subida ao primeiro posto, agora ocupado pelo rival Liverpool, próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões.

Os ‘reds’, com Diogo Jota de início, isolaram-se no topo, com 13 pontos, graças a um triunfo por 3-0 sobre o Crystal Palace, com golos de Sadio Mané, aos 43 minutos, Mohamed Salah, aos 78, e Naby Keita, aos 90.

O City, que contou com os portugueses Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva no ‘onze’, cedeu um ‘nulo’ (0-0) na receção ao Southampton e desperdiçou a possibilidade de se isolar provisoriamente no segundo posto.

Já os ‘saints’, continuam sem vencer esta temporada e confirmaram o estatuto de ‘reis’ dos empates, tendo somado a quarta igualdade, que lhes confere o 15.º posto, com quatro pontos, mais um do que o Wolverhampton, treinado pelo português Bruno Lage, que perdeu em casa, por 2-0, diante do Brentford e averbou a quarta derrota em cinco rondas.

Ivan Toney, aos 28 minutos, de grande penalidade, e Bryan Mbeumo, aos 34, anotaram os tentos dos visitantes, numa partida na qual José Sá, Nélson Semedo, João Moutinho, Rúben Neves e Trincão foram titulares pelos ‘wolves’, e Daniel Podence e Fábio Silva entraram no segundo tempo.

O Arsenal, que ocupa um modesto 13.º posto, conseguiu a segunda vitória seguida na Premier League, no terreno do penúltimo classificado, Burnley, por 1-0, graças a um golo do norueguês Martin Odegaard, aos 30 minutos.

No fundo da tabela segue o Norwich, a única formação ainda sem qualquer ponto e que foi derrotada em casa pelo Watford, por 3-1. Emmanuel Dennis e Ismaila Sarr, este por duas vezes, assinaram os golos dos ‘hornets’, enquanto o finlandês Teemu Pukki marcou para os ‘canaries’.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021
Newcastle - Leeds, 1 - 1

Sábado, 18 de Setembro de 2021
Wolves - Brentford, 0 - 2
Man City - Southampton, 0 - 0
Norwich - Watford, 1 - 3
Liverpool - Crystal Palace, 3 - 0
Burnley - Arsenal, 0 - 1
Aston Villa - Everton, 3 - 0

Domingo, 19 de Setembro de 2021
Brighton - Leicester, 2 - 1
West Ham - Man Utd, 1 - 2
Tottenham - Chelsea, 0 - 3

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página