loading

Rúben Amorim: «Os homens do jogo são os que estiveram em campo e na bancada»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

Declarações de Rúben Amorim à ‘flash interview’ da Eleven Sports após o jogo Sporting-Borussia Dortmund (3-1), da quinta jornada do Grupo C da Liga dos Campeões de futebol, disputado hoje em Lisboa.

Rúben Amorim: «Os homens do jogo são os que estiveram em campo e na bancada»

Os homens do jogo são os que estiveram em campo e na bancada. Um ambiente incrível, num jogo em que soubemos compreender os momentos. O Pedro Gonçalves faz os golos, mas os outros fizeram igualmente um grande jogo e deram tudo o que tinham. O pessoal que entrou ajudou muito a equipa. Não se pode resumir isto a uma pessoa. Somos todos, tanto jogadores como adeptos.

A equipa cresceu e adaptou-se. Jogámos contra uma grande equipa, que nos empurrou lá para trás, até, em certos momentos, mais do que no jogo na Alemanha. Penso que o Borussia Dortmund hoje foi muito melhor do que nesse jogo, mas nós também fomos muito melhores do que nos dois primeiros jogos nesta Liga dos Campeões.

As equipas crescem. Agora, há que dizer que isto é um pequeno passo para a ideia geral do clube. São aqueles pequenos ganhos que falámos na antevisão. Não muda assim tanto. Estamos nos ‘oitavos’. É ótimo e é bom para o projeto, mas é apenas um pequeno passado e ainda temos muito para fazer.

O jogo com o Ajax [derrota por 1-5] foi especial, porque foi o primeiro e começámos logo a perder contra uma grande equipa, que só tem vitórias na ‘Champions’. Nós não éramos aquela equipa que perdeu 5-1. Somos uma equipa que trabalha muito e se adapta muito bem aos jogos. Esta é mais a nossa imagem. Mesmo em Dortmund, fomos mais nós. Estamos felizes pelo apuramento, mas é apenas um pequeno passo.

Não vou ao balneário. Quando se ganha, os agradecimentos são para eles. Que vivam este momento, sabendo que amanhã [quinta-feira] há treino e temos de preparar o jogo contra o Tondela. Passámos à fase a eliminar e isso não é normal no Sporting, mas tem de ser, mas falta muito para sermos um habitué nestas fases da Liga dos Campeões.

Futuro na Liga dos Campeões? É jogo a jogo. Temos de levar isso como é, pensando no campeonato, que nos garante que estamos presentes novamente na ‘Champions’ e temos encaixes. O foco agora está no Tondela”.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página