loading

Autoridades do futebol querem impedir jogos com menos de 13 jogadores por equipa

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

Os organismos responsáveis pelo futebol em Portugal querem impedir a realização de jogos com equipas com menos de 13 jogadores disponíveis, incluindo um guarda-redes, após reunião realizada hoje na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Autoridades do futebol querem impedir jogos com menos de 13 jogadores por equipa

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) participou e foi anfitriã do encontro que juntou a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), as estruturas representativas de jogadores, árbitros, treinadores e médicos e as associações distritais e regionais, que determinou essa intenção.

A comissão executiva da LPFP deve criar de imediato os mecanismos legais aplicáveis para que nenhum jogo de futebol se inicie em qualquer competição com um número inferior a 13 atletas, incluindo um guarda-redes”, lê-se no comunicado divulgado no sítio oficial da FPF na Internet.

Do encontro resultou também a garantia de que “todas as instituições hoje reunidas trabalharão em conjunto para que este objetivo seja alcançado e nunca mais se assista ao que no sábado passado lamentavelmente sucedeu no Estádio Nacional”.

Em causa está o ocorrido em 27 de novembro, quando, um surto do coronavírus SARS-CoV-2 que atingiu jogadores, treinadores e elementos da estrutura do Belenenses SAD - 13 dos quais infetados pela nova estirpe Ómicron –, reduziu os ‘azuis’ a nove no embate com o Benfica, da 12.ª jornada da I Liga.

O encontro foi suspenso no início da segunda parte, aos 48 minutos, depois de os ‘azuis’ terem ficado sem o número mínimo de futebolistas legalmente exigido para o desenrolar de um jogo (sete).

Para a segunda parte do encontro, o Belenenses SAD regressou com apenas sete atletas, mas a lesão de mais um jogador originou o fim do encontro, que o Benfica vencia por 7-0.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) sustentou a realização do jogo com a ausência de um pedido formal de adiamento.

Entretanto, o jogo Vizela-Belenenses SAD, da 13.ª jornada da I Liga de futebol, previsto para segunda-feira, foi adiado para 02 de janeiro de 2022, atendendo a que “por decisão das autoridades de saúde, nomeadamente da senhora delegada de saúde, coordenadora do Agrupamento de Centros de Saúde Lisboa Ocidental e Oeiras, médica de saúde pública, todos os elementos da Belenenses SAD estão em isolamento profilático de 27 de novembro a 10 de dezembro”.

Também o encontro entre Tondela e Moreirense, igualmente a contar para a 13.ª jornada da I Liga, que deveria ocorrer no sábado, foi adiado para 03 de janeiro de 2022, devido ao surto do coronavírus nos ‘beirões’, que solicitaram esta alteração à LPFP.

A rematar o comunicado, os organismos hoje reunidos “desejam aos atletas afetados e às suas famílias uma recuperação célere e um regresso à vida desportiva no mais curto espaço de tempo possível”.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página