loading

CAN-2021: Camarões, de António Conceição, vencem Comoros e apuram-se para quartos de final

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

Os Camarões, treinados pelo português António Conceição, venceram hoje Comoros 2-1 e apuraram-se para os quartos de final da Taça das Nações Africanas de futebol, para os quais se qualificou também a Gâmbia, estreante numa fase final.

CAN-2021: Camarões, de António Conceição, vencem Comoros e apuram-se para quartos de final

A seleção de António Conceição é anfitriã e uma das favoritas à vitória na competição, razão pela qual não se esperavam tantas dificuldades para superar a menos cotada seleção de Comoros, esreante numa fase final e que se qualificou, surpreendentemente, para os oitavos de final como um dos melhores quatro terceiros lugares, derrotando no último jogo a favorita seleção do Gana.

Os ‘leões indomáveis’ ficaram em superioridade numérica no jogo a partir do sexto minuto, por expulsão, com cartão vermelho direto, do central da seleção de Comoros Nadjin Abdou, por uma entrada dura, perante um adversário que jogou com um guarda-redes improvisado, o lateral Chaker Alhadhur, que foi para a baliza face aos casos positivos dos guarda-redes Moyadh Ousseini e Ali Ahamada e à lesão de Salim Ben Boina.

Alhadhur atuou ainda com uma camisola remendada com o número 3, por cima do original, o 16, o que não o impediu de ter uma atuação memorável, tendo em conta que é um jogador de campo, com várias defesas decisivas para retardar uma vitória dos Camarões mais folgada.

A equipa anfitriã chegou ao golo à passagem do minuto 29, pelo avançado dos franceses do Lyon Karl Toko Ekambi, e só voltou a marcar aos 70, pelo incontornável Vincent Aboubakar, ex-avançado do FC Porto, atualmente nos sauditas do Al Nasr Riyadh, que lidera a lista de melhores marcadores com seis golos.

A seleção de Comoros resistiu até onde pôde e chegou mesmo a reduzir aos 81 minutos, num livre direto em que Youssuf M’Changama colocou a bola no canto superior esquerdo da baliza camaronesa, na execução de um livre direto.

Horas antes, a Gâmbia também ‘carimbou o passaporte’ para os quartos de final, ao vencer a Guiné Conacri 1-0, graças a um golo do avançado dos italianos do Bolonha Musa Barrow, aos 71 minutos.

O avançado gambiano do Boavista Yusupha Njie, que tinha sido lançado em campo aos 72 minutos, a render o médio Ebrima Darboe, da Roma, de José Mourinho, viu o cartão vermelho por acumulação de amarelos aos 87, por tocar a bola com a mão (74) e por uma entrada dura sobre um adversário, castigo que o afasta do jogo dos quartos de final.

A seleção dos Camarões vai defrontar a seleção da Gâmbia nos quartos de final, fase da prova para o qual também já estão apuradas as seleções do Burkina Faso e da Tunísia, que vão medir forças por uma vaga nas meias-finais.

A prova prossegue na terça-feira com os jogos Senegal-Cabo Verde, a partir das 16:00, e Marrocos-Malawi, a partir das 19:00, também correspondentes aos quartos de final.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página