loading

Crónica: Reviravolta 'fora de horas' vale triunfo do Arouca frente ao Estoril Praia

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

O Arouca venceu hoje na visita ao Estoril Praia, por 2-1, em jogo em atraso da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, com dois golos marcados já perto do final da partida.

Crónica: Reviravolta 'fora de horas' vale triunfo do Arouca frente ao Estoril Praia

No Estádio António Coimbra da Mota, o encontro proporcionava um acerto de calendário e o Estoril Praia entrou melhor e necessitou de apenas seis minutos para se adiantar no marcador, através de um autogolo de Abdoulaye, central do Arouca.

Já perto do final, o Arouca conseguiu dar a volta ao marcador, ao chegar ao empate aos 89 minutos, por André Silva, e ao golo que garantiu a vitória já aos 90+7, por Eboué Kouassi.

No primeiro golo da partida, o erro de defesa do Arouca foi ‘forçado’ por um excelente cruzamento tirado por Joãozinho a partir da esquerda e obrigou o Arouca a procurar reagir, mas fê-lo de forma ténue e sempre bem controlado pela equipa da casa.

O Estoril Praia abordou o encontro com conforto no processo defensivo, perante as tentativas dos forasteiros através, na maior parte das ocasiões, de lances de bola parada sem a devida correspondência ou cruzamentos para a área que o guarda-redes Thiago – ou o setor defensivo estorilista – foram sustendo sem dificuldade até ao intervalo.

A segunda parte trouxe um Arouca mais incisivo e as suas primeiras duas situações de verdadeiro perigo: a primeira de golo iminente, num lance de insistência no qual o capitão Thales Oleques atirou de fora da área ao travessão, aos 54, e a segunda logo depois, aos 57, através de um pontapé à meia-volta de Bukia que passou pouco por cima da baliza estorilista.

Já o Estoril Praia ‘acusou o toque’ e esteve muito perto de chegar ao segundo golo aos 64 minutos, num lance que não aproveitou uma tripla oportunidade de golo.

No último quarto de hora, a equipa visitante exerceu um último ‘forcing’ em busca do empate e aos 87 minutos esteve perto de o conseguir por Leandro, mas Thiago manteve a salvo as redes da casa.

O esforço arouquense seria, ainda assim, recompensado aos 89 minutos com o empate, alcançado por André Silva, na recarga a uma primeira tentativa da defesa do Estoril Praia em afastar da área um cruzamento tirado pela direita.

A reviravolta chegou já ‘fora de horas’, consumada com uma finalização de Eboué Kouassi, correspondendo a um livre lateral batido por Leandro a partir da esquerda, aos 90+7 minutos. Assim, os comandados de Armando Evangelista conseguiram os três pontos fora de portas, abandonando desta forma a zona de despromoção (14.º com 17 pontos).

Já o Estoril mantém os 25 pontos e desperdiçou a oportunidade de recuperar o sexto lugar, do qual havia sido destronado pelo Vitória de Guimarães, quando no passado domingo bateram os ‘canarinhos’ em duelo direto no Minho.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página