loading

Taça de Portugal: FC Porto fez cair Benfica e Sporting e teve 'poder de fogo'

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem está a reforçar-se melhor no mercado?

O FC Porto protagonizou um percurso categórico até à final da Taça de Portugal de futebol, impondo uma superioridade espelhada na eliminação imaculada de Benfica e Sporting e num elevado número de golos marcados.

Taça de Portugal: FC Porto fez cair Benfica e Sporting e teve 'poder de fogo'

No caminho desde a terceira eliminatória, os ‘dragões’ mostraram ‘poder de fogo’, ao apontarem 19 tentos, à média de 3,17 por encontro, em seis partidas e outras tantas vitórias, incluindo uma sobre as ‘águias’ e duas face aos ‘leões’.

A formação 'azul e branca' começou a sua prestação em 15 de outubro do ano passado, levando a festa da competição a casa do Sintrense, equipa do Campeonato Portugal, onde não sentiu dificuldades para impor uma vitória ‘gorda’, por 5-0, com Sérgio Oliveira e Evanilson a ‘bisar’.

Um mês depois, na quarta eliminatória, o oponente foi o Feirense, da II Liga, e, no Dragão, o FC Porto voltou a impor a sua ‘lei’, goleando por 5-1, agora com um ‘bis’ de Otávio.

O primeiro grande teste chegou já no final de 2021, nos oitavos da final, com o sorteio a ditar um duelo, no Estádio do Dragão, com primeiro grande rival, o Benfica, ainda treinado por Jorge Jesus, que cairia depois desse embate.

Os nortenhos superaram o desafio com uma vitória expressiva por 3-0, na qual Evanilson esteve no melhor e no pior, ao apontar dois golos e ser expulso nos descontos da primeira parte.

Os quartos de final ditaram um embate na casa do Vizela, que terminou com nova vitória (3-1), abrindo a porta para as ‘meias’ e novo embate com um concorrente de peso, o Sporting.

Nessa eliminatória, a duas mãos, e com ambas as equipas também empenhadas na luta pelo título no campeonato, os ‘dragões’ impuseram um triunfo por 2-1 em Alvalade, com reviravolta, e confirmaram a passagem em casa, com nova vitória (1-0), desta feita com um golo tardio de Toni Martínez.

Neste percurso, o avançado brasileiro Evanilson foi a grande figura, ao apontar sete dos 19 golos, enquanto o jogador mais utilizado foi o guarda-redes argentino Marchesin, único totalista.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página