loading

Itália: Maria Caputi será a primeira mulher a arbitrar na Liga italiana

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem está a reforçar-se melhor no mercado?

Maria Sole Farrieri Caputi vai ser a primeira mulher a arbitrar Liga italiana, depois de ser sido promovida ao mais alto escalão do corpo de arbitragem transalpino, foi hoje anunciado pela associação de árbitros.

Itália: Maria Caputi será a primeira mulher a arbitrar na Liga italiana

"É um sonho realizado, um momento histórico, Maria Sole foi promovida porque merece", regozijou-se o presidente da Associação Italiana de Árbitros (AIA), Alfredo Trentalange, após revelar a lista dos ‘juízes’ para a temporada 2022/23.

Na época finda, Ferrieri Caputi já tinha dirigido encontros da Série C (3ª divisão), além de uma partida da Taça de Itália entre Cagliari e Cittadella.

A ‘juíza’ de 32 anos agora faz parte do comité nacional de árbitros, facto que lhe permite dirigir partidas da primeira divisão.

As árbitras estão cada vez mais integradas nos jogos de futebol masculino e em maio a FIFA reforçou essa tendência ao anunciar que seis mulheres foram convocadas para o Mundial2022 do Qatar, entre 21 de novembro e 18 de dezembro, incluindo a francesa Stéphanie Frappart, a primeira a apitar uma partida da Ligue 1, em 2019.

Este anúncio surge num dia histórico para o futebol feminino transalpino, que hoje se tornou oficialmente profissional.

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) anunciou no final de abril a profissionalização para a próxima temporada do campeonato nacional italiano feminino (Serie A), que viu os primeiros contratos registados em nome de Daniela Sabatino (Fiorentina) e Sofia Cantore (Juventus).

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página