loading

Famalicão: João Pedro Sousa satisfeito com o que viu até agora

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem é o principal responsável pela eliminação de Portugal do Mundial no Qatar?

João Pedro Sousa assumiu hoje que está à espera de dificuldades frente ao Boavista, no jogo da oitava jornada da I Liga, mas salientou que está satisfeito com o que viu até agora no regresso ao Famalicão.

“Foi uma boa semana de trabalho. Agora, é importante termos consciência do momento em que estamos e ter coragem de o assumir”, declarou.

O jogo com o Boavista vai assinalar a estreia no banco de João Pedro Sousa, que regressou a Famalicão para substituir Rui Pedro Silva, despedido após três derrotas seguidas.

“Não queremos continuar na posição em que estamos, queremos marcar mais, deixar de sofrer e ganhar rapidamente. Percebemos que temos de trabalhar mais, correr mais e disputar todos os lances nos limites. Há uma grande responsabilidade associada ao facto de representarmos um clube como o Famalicão", disse.

Na conferência de imprensa de antevisão da partida com os ‘axadrezados’, o técnico frisou a necessidade dos famalicenses, que têm apenas um golo marcado no campeonato, saírem do mau momento em que se encontram.

“Queremos marcar mais golos rapidamente, só assim podemos chegar às vitórias. Temos de olhar mais para a baliza, colocar mais gente nas zonas de finalização e defender melhor. Os jogadores sabem que os defesas são os primeiros avançados e vice-versa. As coisas vão surgir, porque o plantel tem qualidade. Neste momento, este é o plantel que eu quero, é o melhor plantel do mundo. Vai ser complicado fazer a convocatória porque todos deram o máximo", disse.

João Pedro Sousa perspetivou um jogo complicado perante um adversário que tem feito um campeonato “muito interessante”.

“Vai ser um jogo extremamente complicado. No entanto, o nosso foco esteve em nós e em corrigir algumas coisas na nossa ideia de jogo, que queremos levar para o jogo. É claro que há uma ou outra coisa na qual olhamos para o adversário, que é uma equipa competente e que, mesmo quando perdeu, disputou todos os jogos até ao fim”, notou.

Para o treinador do Famalicão, “o Boavista é uma equipa muito equilibrada ofensiva e defensiva e, mesmo jogando com uma linha de cinco defesas, consegue desdobrar-se e pressionar alto com jogadores como o Pedro Malheiro”.

O Famalicão, 16.º classificado, em lugar de acesso ao 'play-off' de manutenção, com quatro pontos, recebe o Boavista, quarto, com 15, este domingo às 20:30 horas, numa partida da oitava jornada da I Liga portuguesa de futebol, que se será arbitrada por Gustavo Correia, da associação do Porto.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página