loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Mundial2018: EUA retiraram a sua candidatura à organização do Mundial

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Outras Notícias

Sondagem

Com a vitória do FC Porto frente ao Benfica o campeonato está relançado?

A FIFA informou hoje que os Estados Unidos retiraram a sua candidatura à organização do Mundial de 2018 em futebol, para optarem exclusivamente pela edição de 2022, reduzindo o leque a quatro candidatos europeus.

Isto significa que a fase final do Mundial 2018 se vai disputar em solo europeu e que a edição de 2022 terá lugar fora do velho continente, visto que os estatutos da FIFA não permitem que a fase final se realize duas vezes consecutivas no mesmo continente.

Deste modo, a candidatura ibérica, protagonizada por Portugal e Espanha, que concorre ao Mundial2018 com as da Bélgica/Holanda, Rússia e Inglaterra, não pode candidatar-se à edição de 2022, cingida agora às candidaturas da Austrália, do Japão, Qatar, Coreia do Sul e Estados Unidos.

Para o presidente do comité da candidatura norte-americana, Sunil Gulati, a decisão de se concentrarem unicamente no Mundial2022 “é favorável aos interesses dos Estados Unidos”, conclusão a que chegaram “depois de longas conversações com a FIFA e a UEFA” a este respeito.

“Desde que se tornou evidente o interesse crescente da Europa em organizar o Mundial2018, mantivemos uma diálogo sincero e construtivo com os representantes da candidatura dos Estados Unidos, a quem agradecemos profundamente este gesto nobre”, disse Jerôme Valcke, secretário geral da FIFA.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler