loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Comentário: Golos de Tanaka e Carlos Mané garantiram triunfo do Sporting

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

Dois golos na primeira parte, de Carlos Mané e Tanaka, deram hoje o triunfo ao Sporting na visita ao Vitória de Setúbal por 2-1, na 28.ª jornada da I Liga de futebol, tendo Suk marcado para os anfitriões.
Comentário: Golos de Tanaka e Carlos Mané garantiram triunfo do Sporting

A equipa sadina entrou melhor na partida, quase sempre mais rápida sobre a bola do que o Sporting, mas sem criar verdadeiras oportunidades de golo junto à baliza de Rui Patrício.

Ainda assim, o Vitória de Setúbal poderia ter inaugurado o marcador aos oito minutos num remate de cabeça de Suk, após jogada de Advíncula no flanco direito do ataque vitoriano.

Sem jogar bem, o Sporting foi equilibrando a partida e esteve perto de marcar aos 13 minutos, numa das poucas boas jogadas que se viram no Bonfim, mas Carlos Mané e João Mário não tiveram a eficácia que se exigia no momento do remate.

O Sporting melhorava à medida que o tempo passava e acabou mesmo por inaugurar o marcador aos 38 minutos, com Carlos Mané a desviar de cabeça um cruzamento de Miguel Lopes e a colocar o Sporting a vencer por 1-0, num lance em que a defesa sadina ficou a ver jogar.

A fechar a primeira parte, aos 45 minutos, a equipa do Sporting voltou a marcar por Tanaka, após um lançamento em profundidade de Adrien para Carlos Mané, com a bola a sobrar para o avançado japonês do Sporting, muito apagado até então, que fixou o resultado da primeira parte em 2-0.

A etapa complementar não podia ter começado melhor para a equipa sadina, que reduziu a desvantagem logo aos 47 minutos, num lance individual de Suk, após ludibriar o defesa do Sporting Paulo Oliveira e o guarda-redes Rui Patrício, colocando o resultado em 2-1, que relançava a partida no Bonfim.

O Sporting respondeu com um remate de cabeça de Ewerton que fez passar a bola ao lado da baliza de Lukas Raeder, após a marcação de um pontapé de canto.

Aos 62 minutos, o árbitro Olegário Benquerença mostrou o cartão amarelo a Ewerton e Venâncio após uma picardia entre os dois jogadores na área do Sporting, o que resultou na expulsão do sadino, que antes já tinha sido admoestado com um cartão amarelo.

Pouco depois, aos 65 minutos, Olegário Benquerença exibiu também o segundo amarelo a Ewerton e o respetivo vermelho, num lance em que a sanção disciplinar ao jogador do Sporting pareceu exagerada, mas que voltou a colocar as duas equipas em igualdade numérica.

Até final da partida, o Vitória de Setúbal bem procurou chegar o golo da igualdade mas a equipa sadina continuava a evidenciar grandes dificuldades na finalização, enquanto o Sporting fazia a gestão do tempo de jogo para garantir a conquista dos três pontos no Bonfim.

O triunfo do Sporting acaba por ser um resultado justo, num jogo de fraco nível mas em que a equipa de Marco Silva acabou por merecer o resultado final de 2-1.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 10 de Abril de 2015
Arouca - Belenenses, 0 - 1

Sábado, 11 de Abril de 2015
Boavista - Marítimo, 0 - 2
Benfica - Académica, 5 - 1
Rio Ave - FC Porto, 1 - 3
Moreirense - V. Guimarães, 2 - 1

Domingo, 12 de Abril de 2015
Nacional - Gil Vicente, 3 - 2
Sp. Braga - Penafiel, 4 - 0
V. Setúbal - Sporting, 1 - 2

Segunda-feira, 13 de Abril de 2015
Estoril - Paços Ferreira, 1 - 0

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página