loading

Síntese: Bayern confirma ser 'besta negra' do Benfica, CR7 expulso em Valência

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Qual o adversário mais acessível para o FC Porto nos oitavos-de-final da Champions?

O Bayern de Munique confirmou no estádio da Luz que continua a ser uma das 'bestas' negras do Benfica, que continua a não saber como ganhar na Liga dos Campeões ao histórico clube alemão, hoje vencedor por 2-0.
Síntese: Bayern confirma ser 'besta negra' do Benfica, CR7 expulso em Valência

A primeira jornada da fase de grupos da 'Champions' fica ainda marca pela muito pouco habitual expulsão de Cristiano Ronaldo em Valência, por alegada agressão do avançado juventino a um adversário 'che', que lhe poderá custar, pelo menos, dois jogos de suspensão.

Na Luz, outro português esteve em destaque, de forma nada esperada - Renato Sanches, que foi há dois anos o 'menino bonito' do Benfica e que rumaria a Munique, pago a 'peso de ouro'.

O regresso ao palco em que se lançou para os grandes jogos foi especialmente feliz, já que assinou o segundo golo no jogo, aos 54 minutos - o primeiro da sua carreira com a camisola do Bayern. O outro golo, logo aos 10, foi do polaco Robert Lewandowski, um 'suspeito do costume' no que diz respeito à arte de marcar.

Apesar do belo resultado do Bayern, não chega para liderar o grupo E, já que em Amesterdão o Ajax ganhou ao AEK por número mais desnivelados, 3-0.

Cristiano Ronaldo regressou à 'Champions' de forma desajeitada, após quatro sucessos pelo Real Madrid. O agora jogador da Juventus teve de abandonar mais cedo do que queria o jogo, com o árbitro a entender que agrediu um jogador do Valência, aos 29 minutos.

A Juventus, a jogar 10 contra 11, fez das 'tripas coração' e chegou ao 2-0 com dois golos de grande penalidade de Pjanic, antes de assistir ao falhanço de um penálti do lado dos valencianos.

Também neste grupo H, o 2-0 fora não chega para liderar, já que o Manchester United foi ganhar por 3-0 ao Young Boys, em Berna - três golos franceses, com Paul Pogba a bisar e Martial a apontar o outro.

Depois de um arranque de campeonato inglês frouxo, José Mourinho volta a ter razões para sorrir, numa noite em que lançou o jovem português Diogo Dalot.

Pelo outro clube da cidade, o City, continua a brilhar Bernardo Silva, que marcou na receção ao Lyon, do guarda-redes Anthony Lopes. Ainda assim, insuficiente, pois que lioneses triunfaram por 2-1.

O grupo F assistiu também ao empate 2-2 entre o Shakthar Donetsk, de Paulo Fonseca, e o Hoffenheim, estreante alemão em que o destaque é o treinador: aos 31 anos, Julian Nagelsmann é o mais novo técnico de sempre na 'Champions'.

Finalmente, no grupo G o Real Madrid parece dar-se bem na primeira época 'pós-Ronaldo' e derrotou a Roma, por claros 3-0. Isco, Gareth Bale e Mariano Díaz fizeram os golos.

O jogo entre as equipas mais fracas do grupo, Viktoria Plzen e CSKA de Moscovo, fechou com um empate 2-2.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler