loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Pizzi e Rúben Dias colocam todos os candidatos à “partir do zero”

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

Os jogadores do Benfica Pizzi e Rúben Dias frisaram hoje que "todos partem do zero" no que diz respeito às hipóteses dos candidatos a vencer a I Liga portuguesa de futebol em 2019/20.
Pizzi e Rúben Dias colocam todos os candidatos à “partir do zero”

Com um discurso bem 'afinado' no relvado do Caixa Futebol Campus, os internacionais portugueses manifestaram o desejo de "voltar a festejar" no final da época, mas alertaram que todos os candidatos partem com a mesma "vontade de vencer".

"Pela nossa parte, vamos trabalhar todos os dias na máxima força para voltarmos a festejar no final", prometeu Pizzi, instantes após o treino aberto aos sócios benfiquistas, no Seixal, corroborado por Rúben Dias, que acrescentou que já assim foi "na última época".

"O Benfica é sempre favorito, mas não é por ter sido campeão, é por ser o Benfica", acrescentou o defesa-central das 'águias'.

Noutro prisma, Pizzi desvalorizou o sorteio do campeonato, que ditou um 'clássico' com o FC Porto logo à terceira jornada e a receção ao Sporting na última, lembrando que terão de "jogar contra todos os adversários ao longo da época".

"Para já, estamos focados no primeiro jogo, que é a Supertaça, e queremos conquistar mais esse título para os nossos adeptos", reforçou o médio do clube da Luz, adiantando que se o Benfica "começar bem, terá maiores probabilidades de terminar bem também".

Relativamente às mexidas no plantel, ambos os jogadores se escusaram a comentar o futuro de Jonas e referiram que a transferência de João Félix para o Atlético de Madrid foi "merecida".

"É algo natural pelo seu trabalho e trajetória no Benfica", comentaram os antigos companheiros de Félix, ao que Rúben Dias acrescentou que se trata de "um ciclo natural na vida dos jogadores" e que, agora, "cabe à estrutura do clube encontrar uma forma de manter o equilíbrio do plantel".

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler