loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Sporting de Braga pede reunião urgente com Conselho de Arbitragem

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting

O Sporting de Braga anunciou hoje que vai pedir "com caráter de urgência" uma reunião com o Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) devido à "anormal quantidade de erros" contra a sua equipa.
Sporting de Braga pede reunião urgente com Conselho de Arbitragem

"A anormal quantidade de erros já verificados contra o Sporting de Braga motiva enorme preocupação, mais ainda quando as falhas se tornam recorrentes e resultam num claro prejuízo pontual no campeonato", pode ler-se num comunicado dos minhotos.

O Sporting de Braga empatou 2-2 na receção ao Marítimo, segunda-feira, da sexta jornada da I Liga, e ocupa a 16.ª posição, com cinco pontos.

Para a SAD liderada por António Salvador, "as flagrantes más decisões do árbitro Manuel Oliveira no encontro frente ao Marítimo exigem um cabal esclarecimento dos responsáveis do setor, sendo incompreensível a não aceitação do alerta do VAR para um penálti aos 38 minutos (braço de Bambock), como incompreensível foi o pénalti ignorado por falta de Grolli sobre Galeno, aos 90+6".

O Sporting de Braga considera ainda que, na jornada anterior, em Setúbal (derrota por 1-0), "ficou por marcar um penálti evidente sobre Esgaio, aos 88 minutos, a que o árbitro e VAR fizeram vista grossa".

"Acresce a deslocação a Alvalade [derrota por 2-1), à segunda jornada, onde se registaram mais erros de arbitragem, nomeadamente quanto ao critério disciplinar (não expulsão de Bruno Fernandes), havendo ainda uma grande penalidade a assinalar por falta de Mathieu sobre Ricardo Horta (55)", acrescenta.

Por isso, "perante tantos e tão flagrantes erros, com vídeoárbitros que não detetam evidências e árbitros que contrariam o VAR e a clareza das imagens, o Sporting de Braga pede esclarecimentos urgentes ao CA e aguarda pelos mesmos, com tanta celeridade quanto a verificada há uma semana e que envolveu um ato de contrição que não pode ser exclusivo para alguns clubes", conclui o Sporting de Braga.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler