loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Julio Velázquez: «Acho que merecíamos a vitória»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

Declarações de Julio Velázquez, treinador do Vitória de Setúbal, após o empate frente ao Vitória de Guimarães (1-1), em jogo da 12.ª jornada da I Liga de futebol, disputado este domingo.
Julio Velázquez: «Acho que merecíamos a vitória»

"Fiquei muito contente com a minha equipa, porque foi o primeiro jogo frente a um adversário muito difícil que joga a Liga Europa. Acho que merecíamos a vitória. Fomos muito superiores na primeira parte. Chegámos muitas vezes à baliza adversária, mas faltou-nos sorte.

A segunda parte foi um bocadinho mais equilibrada, mas tivemos oportunidades para ganhar. Estou muito contente com os jogadores e dou-lhes os parabéns. A disponibilidade dos jogadores é excecional. Obrigado aos adeptos, que são muito importantes.

É um ponto e acho que merecíamos os três. Estamos no caminho certo. Temos de seguir trabalhando. Ficaremos melhor a cada semana.

[Nuno Pinto foi novidade] Não conto com nenhum jogador para titular, suplente ou não utilizado. Para mim tenho os melhores do mundo e conto com todos. A nível coletivo, se trabalharem todos os dias como têm feito, terão sempre um treinador que os vai defender sempre. Comigo não há suplentes nem titulares. Comigo podem estar 15 jogos sem jogar em depois jogar 20 de seguida. Depende das sensações, da atitude e do que pretendo implementar a cada jogo.

O Nuno Pinto é mais um jogador do plantel. Jogará quando decidir e não jogará quando também o decidir. Conto com todos.

[Estreia no Bonfim] Gostei muito. Vim cá muitas vezes quando treinava o Belenenses, sempre gostei da atmosfera deste estádio e da sinergia entre adeptos e equipa. No outro dia fui com a minha mulher ao Mercado [do Livramento] e ver a bandeira do Vitória nas bancas do Meracdo é sinal que esta cidade tem paixão pelo clube. Ao andar nas ruas as pessoas sempre falam do Vitória, gosto de treinar equipas em que os seus adeptos têm paixão."

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler