loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Grécia: AEK vence com três golos portugueses, Olympiacos e PAOK lutam taco a taco

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Acha que Rúben Amorim é o homem certo para treinar a equipa do Sporting?

O AEK Atenas venceu hoje na receção ao AEL Larissa por 3-0, com golos portugueses, PAOK e Olympiacos, treinados pelos portugueses Abel Ferreira e Pedro Martins, respetivamente, também somaram vitórias na 19.ª jornada da I Liga grega de futebol.
Grécia: AEK vence com três golos portugueses, Olympiacos e PAOK lutam taco a taco

O destaque vai para o triunfo do AEK, terceiro classificado do campeonato, sobre o AEL Larissa, com golos marcados pelos jogadores portugueses do plantel, o médio André Simões, ex-jogador do Santa Clara e do Moreirense, à beira do intervalo, aos 45+2 minutos, o segundo pelo ponta de lança Nelson Oliveira, formado no Benfica e vice-campeão mundial de sub-20, aos 50, e o terceiro pelo lateral esquerdo Hélder Lopes, ex-jogador do Paços de Ferreira.

De destacar o facto de Nelson Oliveira, que já leva nove golos marcados no campeonato, ser o terceiro melhor marcador da prova até ao momento, tendo à sua frente apenas o avançado marroquino Youseff El Arabi, do Olympiacos, que lidera com 14 golos, e o avançado polaco do PAOK, Karol Swiderski, com 10.

Com este triunfo, o AEK Atenas manteve o terceiro lugar, com 34 pontos, ainda assim distante dos dois primeiros e principais candidatos ao título, o PAOK e o Olympiacos, orientados pelos portugueses Abel Ferreira e Pedro Martins, que venceram na receção a Asteras Tripolis e Aris, por 3-1 e 4-2, respetivamente.

A equipa de Salonica chegou ao intervalo a vencer com um golo do avançado polaco Karol Swiderski, mas ampliou a vantagem na segunda parte com os golos de Pelkas e Lázaros Lamprou, aos 59 e 79 minutos, este último já depois do Asteras Tripoli ter ficado reduzido a dez unidades por expulsão do espanhol Dani Suarez, aos 65.

O golo de honra do Asteras chegaria aos 84 minutos, pelo avançado espanhol Marc Fernandez.

O Olympiacos também não sentiu especiais dificuldades para levar de vencida o Aris, ao marcar dois golos quase de rajada, aos 22 e 24 minutos, pelo médio brasileiro Guilherme e pelo avançado marroquino Youseff El Arabi, e se a equipa visitante reduziu aos 37, pelo lateral direito da Mauritânia, Lindsay Rose, os líderes do campeonato repuseram a diferença de dois golos através do lateral direito norueguês Omar Elabdellaoui.

Na segunda parte, a equipa de Pedro Martins, que alinhou com dois internacionais portugueses no onze, o guarda-redes José Sá e o central Rúben Semedo, chegou ao quarto golo pelo internacional francês Mathieu Valbuena, aos 63 minutos, na execução de um penálti, com o Aris a reduzir e encerrar o resultado, com um golo do avançado francês Nicolas Diguiny, aos 83.

O Olympiacos lidera o campeonato com 47 pontos, seguido do PAOK, com 46, numa luta quase ombro a ombro pelo título, enquanto o AEK Atenas, terceiro classificado, está a uma distância assinalável, com 34.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página