loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

LC: Gasperini vê oportunidade para Atalanta provar que pode chegar longe

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O treinador da Atalanta encarou hoje o jogo com o Paris Saint-Germain, para a Liga dos Campeões de futebol, como uma oportunidade para os italianos demonstrarem que não é preciso prestígio europeu para chegar longe na prova milionária.
LC: Gasperini vê oportunidade para Atalanta provar que pode chegar longe

Em conferência de imprensa virtual de antevisão à partida, que se disputa na quarta-feira no Estádio da Luz, em Lisboa, e inaugura uma inédita ‘final a oito’, criada devido à pandemia da covid-19, Gian Piero Gasperini afirmou que, mesmo perdendo, a Atalanta nunca sairá derrotada.

“Somos a prova que uma equipa sem particular prestígio europeu pode atingir objetivos nesta prova, com ideias de jogo, motivação, paixão e entusiasmo, que são recursos ilimitados. Queremos continuar a demonstrar que uma equipa como a Atalanta pode continuar numa competição tão importante”, apontou.

Considerando Neymar “um problema para todas as equipas que o defrontam” e Mbappé, em dúvida para o encontro, “outro jogador extraordinário que pode mudar o jogo”, Gasperini admitiu preferir eliminatórias a duas mãos, rejeitando uma possível vantagem em confronto de eliminação direta.

“[O Paris Saint-Germain] É uma equipa contra a qual nunca jogámos e não temos parâmetros para conhecer. Temos de ser bons desde o início”, alertou.

Gasperini, de 62 anos, lembrou a “série de bons resultados no campeonato” por parte da Atalanta, que permitiu o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões pelo segundo ano consecutivo, após a estreia muito positiva nesta temporada, com a chegada à fase a eliminar.

O médio defensivo da Atalanta Marten de Roon marcou igualmente presença na conferência de imprensa de antevisão, sublinhando a importância do jogo não só para o plantel, como para a província de Bérgamo, uma das regiões italianas mais afetadas pelo surto do novo coronavírus e onde o clube se situa.

“Enfrentar grandes equipas na Europa, como o Paris Saint-Germain, é diferente. Têm jogadores como Neymar, Mbappé ou Thiago Silva, que estão há anos a jogar a este nível”, realçou o médio, de 29 anos.

Atalanta, de Itália, e Paris Saint-Germain, de França, defrontam-se na quarta-feira, às 20:00, no Estádio da Luz, em Lisboa, em jogo único dos quartos-de-final da Liga dos Campeões de futebol, com o vencedor a defrontar nas meias-finais Leipzig ou Atlético de Madrid.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página