loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Covid-19: Moçambique regista mais 123 novos casos e ultrapassa quatro mil infeções

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Moçambique registou, nas últimas 24 horas, mais 123 casos positivos de covid-19, elevando o total para 4.039 infeções e mantendo-se com 23 óbitos, informou hoje em comunicado o Ministério da Saúde.
Covid-19: Moçambique regista mais 123 novos casos e ultrapassa quatro mil infeções

"Dos 123 casos reportados hoje, 121 são moçambicanos e dois são de nacionalidade zimbabueana", referiu uma nota de atualização de dados do ministério.

Os casos reportados, dos quais seis são menores de 5 anos, encontram-se em isolamento domiciliar e, neste momento, decorre o processo de identificação dos seus contactos, acrescentou o comunicado.

Do número total de infeções que o país já registou, 3.773 casos são de transmissão local e 266 casos são importados.

O Ministério da Saúde contabiliza 2.283 (56%) indivíduos totalmente recuperados, havendo também o registo de 23 óbitos e 15 pessoas internadas.

A capital moçambicana (cidade de Maputo) continua a registar o maior número de casos ativos no país, com 1.005 infetados, seguida das províncias de Maputo e Nampula, ambas com 186, e Cabo Delgado, com 181 casos.

As restantes sete províncias moçambicanas registam menos de 60 casos.

Moçambique rastreou pouco mais de dois milhões de pessoas e testou um cumulativo de 98.455 desde o anúncio do primeiro caso, em 22 de março.

Um total de 34.257 pessoas suspeitas de infeção foram colocadas em quarentena domiciliária e 4.838 continuam a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 847.071 mortos e infetou mais de 25,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página