loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Vitória de Guimarães desiste de ter sócios no seu estádio nos jogos da I Liga

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Vitória de Guimarães desistiu da intenção de ter 40 sócios nos jogos da I Liga portuguesa de futebol como visitado face à «atual situação epidemiológica», informou hoje o clube em nota no sítio oficial.
Vitória de Guimarães desiste de ter sócios no seu estádio nos jogos da I Liga

O clube minhoto anunciou, em 16 de setembro, o desejo de sortear 40 associados para verem os jogos do campeonato na tribuna presidencial do Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, tendo até prometido testar os convidados à covid-19, mas uma deliberação da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), a dar conta de que a Direção-Geral da Saúde (DGS) não concorda com a medida, forçou os vitorianos a recuarem.

"A 26 de setembro, a Liga Portugal comunicou aos clubes que, ‘pela atual situação epidemiológica que o país apresenta, não pode a DGS concordar com a presença de convidados'. Face a esta deliberação, o Vitória SC informa que, até novas indicações, não realizará sorteios com vista à presença de associados nos jogos a disputar na condição de visitado", lê-se no comunicado hoje emitido.

Portugal registou 1.957 mortes e 74.029 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a atualização mais recente da DGS, tendo contabilizado hoje mais quatro óbitos e 425 infeções, numa altura em que estão ativos 51 surtos em lares de idosos e 12 em escolas.

A deliberação da LPFP vai ao encontro do parecer desfavorável das autoridades de saúde à presença de público, divulgado, em 18 de setembro, pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte.

"Em concordância com a Resolução do Conselho de Ministros n.º 70-A/2020, de 11 de setembro de 2020, e as orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde (DGS), as autoridades de saúde de nível nacional, regional e local comunicaram o seu parecer desfavorável, não permitindo a presença de público", referiu então a ARS Norte.

O Vitória de Guimarães salientou ainda que o regresso dos adeptos aos estádios exige um "redobrado sentido de responsabilidade" e mostrou-se disponível para um "esforço coletivo que viabilize tal permissão", mas lamentou as restrições que incidem sobre o futebol, quando outros "eventos de massas" admitem público.

"O Vitória SC reconhece e enaltece o comportamento dos seus sócios e adeptos ao longo dos últimos meses, mas não pode deixar de lamentar que sobre o público do futebol recaiam hoje restrições que não se aplicam a outros eventos de massas e que geram rótulos e estereótipos que nem em contextos de pandemia podem ser admitidos", conclui a nota.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos e mais de 33,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página