loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Sérgio Conceição: «Eu acho que a primeira palavra tem de ir para os jogadores»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações após o jogo Manchester City–FC Porto (3-1), da primeira jornada do grupo C da Liga dos Campeões de futebol, disputado hoje em Manchester.
Sérgio Conceição: «Eu acho que a primeira palavra tem de ir para os jogadores»

Eu acho que a primeira palavra tem de ir para os jogadores. Mudei a estratégia da equipa, com alguns elementos recém-chegados, porque sabíamos que era importante anular alguns pontos fortes do Manchester City.

Aos 60 e tal minutos o jogo mudou, o City dificultou a nossa tarefa, mas fomos à procura de tentar reduzir a desvantagem no marcador. Neste jogo, ao contrário da frustração que senti em alguns momentos no último encontro do campeonato [frente ao Sporting], sinto um grande orgulho.

Fomos pioneiros do VAR [videoárbitro], mas, pelo que vi hoje, devo um pedido desculpas a todos os árbitros do nosso país. Se há país que é competente no VAR é o nosso, comparativamente com o que se viu aqui hoje. Fomos prejudicados, tínhamos tudo para fazer um resultado positivo, que era a vitória.

Estou convicto de que vamos dar uma resposta positiva e temos uma palavra a dizer na passagem à fase seguinte.”

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página