loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

SÍNTESE: Itália e Bélgica juntam-se a Espanha e França nas 'meias' da Liga das Nações

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Itália e Bélgica asseguraram hoje as últimas vagas da 'final four' da Liga das Nações de futebol e juntaram-se a França e Espanha, ao confirmarem a vitória dos respetivos grupos, após a sexta jornada da Liga A.
SÍNTESE: Itália e Bélgica juntam-se a Espanha e França nas 'meias' da Liga das Nações

No grupo 1, os italianos seguraram o primeiro lugar que traziam para a derradeira ronda e venceram por 2-0 na visita à Bósnia e Herzegovina, já despromovida à Liga B, com golos de Andrea Belotti, aos 22 minutos, e Domenico Berardi, aos 68.

A Itália, que deverá acolher os jogos da fase final, em outubro, fechou o agrupamento com 12 pontos, mais um do que os Países Baixos, finalistas da primeira edição da prova e que nesta jornada venceram por 2-1 na Polónia, terceira colocada, com sete.

Os polacos adiantaram-se logo aos seis minutos, através de Kamil Jozwiak, só que os holandeses operaram a reviravolta no último quarto de hora, com tentos de Memphis Depay, aos 77 minutos, de grande penalidade, e Georginio Wijnaldum, aos 84.

Já a Bélgica terminou o grupo 2, com 15 pontos, ao superar a Dinamarca por 4-2, com golos de Youri Tielemans, aos três minutos, Romelu Lukaku, aos 57 e 69, e Kevin de Bruyne, aos 87. Para os dinamarqueses, que ficaram no segundo posto, com 10 pontos, marcaram Jonas Wind, aos 17, e Nacer Chadli, aos 86, este com um autogolo, mas com responsabilidades totais para o guarda-redes Thibaut Courtois.

A Inglaterra, semifinalista da edição anterior, ficou no terceiro lugar, também com 10 pontos, ao golear a já despromovida Islândia por 4-0, com golos de Declan Rice (20 minutos), Mason Mount (24) e Phil Foden (80 e 84), sendo que os islandeses foram a única seleção entre as quatro divisões a terminar a fase de grupos em qualquer ponto.

Itália e Bélgica juntam-se, assim, a Espanha e França na 'final four' da Liga das Nações, que vai decorrer entre 06 e 10 de outubro de 2021, num quadro de semifinalistas totalmente diferente do da primeira edição, que foi conquistada por Portugal.

A seleção nacional, que foi superada pelos franceses no grupo 3, acabou por ser a terceira seleção com mais pontos nesta fase de grupos (13), inclusive à frente das semifinalistas Itália (12) e Espanha (11).

Na Liga B, Áustria, República Checa, Hungria e País de Gales terminaram no topo dos seus grupos e garantiram a subida à Liga A, em contraste com Irlanda do Norte, Eslováquia, Turquia e Bulgária, que foram despromovidas à Liga C.

Aos austríacos bastou um empate 1-1 com a Noruega para vencerem o grupo 1, enquanto os checos precisaram de bater a Eslováquia, por 2-1, e beneficiar da derrota da Escócia em Israel, por 1-0, no grupo 2.

Da mesma forma, a Hungria superou a Turquia por 2-0, no grupo 3, e capitalizou a pesada derrota sofrida pela Rússia, na visita à Sérvia (5-0). Já no grupo 4, o País de Gales venceu a Finlândia por 3-1 e a República da Irlanda assegurou a manutenção na Liga B, com um 'nulo' (0-0) diante da Bulgária.

Na Liga C, Arménia, Albânia, ambas com triunfos, e a Eslovénia, com um empate 0-0 na Grécia, asseguraram subida à Liga B, juntando-se a Montenegro, que na terça-feira já tinha conseguido o primeiro lugar do grupo 1 e a respetiva promoção ao escalão acima.

Em sentido oposto, Chipre, Estónia, Moldova e Cazaquistão, que foram os últimos classificados dos quatro grupos da Liga C, vão ter de disputar um 'play-out', para definir as duas equipas que serão despromovidas à Liga D.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página