loading

Crónica: FC Porto empata com Belenenses SAD em jogo marcado por lesão grave de Nanú

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

O FC Porto empatou hoje sem golos com o Belenenses SAD, em jogo da 17.ª jornada da I Liga de futebol marcado pelo choque violento entre Kritciuk e Nanú, que saiu do relvado de ambulância.

Crónica: FC Porto empata com Belenenses SAD em jogo marcado por lesão grave de Nanú

O lateral guineense caiu desamparado na área do Belenenses SAD, aos 84 minutos, após embater no guarda-redes russo, que gerou enorme preocupação nos elementos das duas equipas, obrigando à intervenção dos paramédicos, que transportaram o futebolista para o hospital, após uma assistência no relvado de cerca de 15 minutos.

A equipa portista dispôs de mais oportunidades para desfazer o ‘nulo’, mas só leva um ponto do Estádio Nacional e pode ver o líder Sporting distanciar-se na classificação, estando agora a três dos ‘leões’, com 39, no segundo lugar. Já o Belenenses SAD amealhou um ponto importante na luta pela manutenção, ocupando provisoriamente o 12.º posto, com 16.

Com várias alterações nas duas equipas – o Belenenses SAD mudou sete jogadores, enquanto o FC Porto ‘mexeu’ quatro unidades -, face ao calendário apertado entre jogos, os primeiros minutos foram de adaptação às condições do relvado, que levou os dois conjuntos a encaixarem-se nos sistemas táticos, num início com algumas faltas.

O primeiro remate com algum perigo no jogo surgiu apenas aos 20 minutos, quando Kritciuk encaixou o remate de Uribe, com o guarda-redes a ‘aquecer’ as mãos perto da meia hora do encontro, numa ‘bomba’ de Sérgio Oliveira, à qual respondeu Taremi, na recarga, com um cabeceamento por cima.

O Belenenses SAD procurava fechar espaços e sair em contra-ataque, mas as melhores aproximações resultaram de desatenções da defesa dos ‘dragões’. Aos 22, Miguel Cardoso atrapalhou Marchesín e Pepe e a bola sobrou para Afonso Sousa, que atirou por cima, seguindo-se, aos 32, Silvestre Varela, mais lesto que os centrais, mas a errar o último passe.

A consistência defensiva do Belenenses SAD obrigava os nortenhos a apostar na meia distância, desta feita por Felipe Anderson, titular pela primeira vez na I Liga, a obrigar Kritciuk a uma boa defesa nos descontos do primeiro tempo, já após um cabeceamento perigoso de Evanilson, aos 37, que também introduziu a bola na baliza, aos 42, em posição irregular.

A primeira oportunidade da segunda parte pertenceu ao Belenenses SAD, num remate desenquadrado de Diogo Calila, mas a equipa portuense encostou durante um largo período o adversário, que não conseguia sair do seu meio-campo, numa fase de muito aperto.

Sérgio Conceição colocou a ‘artilharia pesada’ em campo (Luis Díaz, Corona e Marega), enquanto Petit refrescou setores e aproveitou para retirar jogadores amarelados que arriscaram a expulsão, como Sithole e Diogo Calila, pouco antes de Miguel Cardoso ameaçar o ‘golpe de teatro’ por duas vezes, a segunda em posição ilegal, mas Marchesín levou a melhor.

Uma enorme defesa de Kritciuk, aos 82, manteve o ‘nulo’, num cabeceamento potente de Taremi a elevar-se nas alturas, na melhor oportunidade dos ‘azuis e brancos’, a anteceder o choque muito violento de Nanú que colocou o FC Porto a jogar com menos um jogador nos minutos finais, por já ter esgotado as substituições.

Programa da jornada:

Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2021
Farense - Santa Clara, 1 - 1
B SAD - FC Porto, 0 - 0
Sp. Braga - Portimonense, 2 - 1
Famalicão - Moreirense, 0 - 2

Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2021
Rio Ave - Nacional, 0 - 0
Benfica - V. Guimarães, 0 - 0
Marítimo - Sporting, 0 - 2
Paços Ferreira - Tondela, 2 - 1
Boavista - Gil Vicente, 1 - 2

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página