loading
LIVESTREAM

Crónica: Portimonense e Marítimo anulam-se ao empatarem em Portimão

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Portimonense e Marítimo anularam-se hoje, ao empatarem sem golos, em Portimão, no jogo da 21.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, desfecho que espelha o futebol praticado por ambos os conjuntos.
Crónica: Portimonense e Marítimo anulam-se ao empatarem em Portimão

No Municipal de Portimão, ambos os conjuntos apresentaram um futebol lento e de fraco nível técnico, pertencendo aos madeirenses as melhores ocasiões de golo.

O nulo ajusta-se ao que as duas equipas fizeram ao longo de toda a partida, desfecho que permite ao Marítimo interromper um ciclo de seis derrotas consecutivas e deixar a última posição da tabela, embora mantenha a igualdade pontual (18) com o lanterna-vermelha Boavista.

No embate entre duas equipas a necessitarem de pontos, o Portimonense apresentou algumas surpresas no ‘onze’ inicial, sendo notória a ausência de Ewerton, habitual titular e um dos dinamizadores do meio campo algarvio.

A formação de Paulo Sérgio, a jogar em casa, demonstrou pouca criatividade e ritmo a meio-campo para ultrapassar a ‘muralha’ defensiva da formação insular, embora tivesse tido mais tempo a posse da bola.

O Marítimo, com praticamente todos os jogadores atrás da linha da bola, criou a primeira ocasião de perigo, quando, aos 15 minutos, Pelágio encontrou espaço para rematar, com Samuel a parar com dificuldade.

O lance causou alguma intranquilidade na defesa algarvia, permitindo que o Marítimo, cinco minutos depois, voltasse a ameaçar a baliza dos algarvios, com Correa a cabecear, sem marcação, para Samuel desviar para canto.

Só aos 23 minutos é que o Portimonense chegou à baliza madeirense, com Beto a atirar ao lado, naquele que foi também o único sinal de perigo dos algarvios em toda a primeira parte.

No segundo tempo, as entradas de Ewerton e de Salmani na formação de Paulo Sérgio deram maior consistência ao meio campo e maior agressividade ao jogo ofensivo, o que fez o Marítimo recuar para o seu meio-campo.

Com o domínio do jogo, mas sem a criatividade necessária para abrir espaços na defesa dos ‘insulares’, os algarvios tentaram o golo com remates de fora da área, com Amir a opor-se por duas vezes.

O lance mais perigoso de toda a partida pertenceu ao Marítimo, quando, aos 81 minutos, Zainadine, de cabeça, fez a bola embater na barra da baliza de Samuel.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2021
V. Guimarães - Boavista, 2 - 1

Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
Famalicão - Farense, 0 - 0
Santa Clara - Paços Ferreira, 3 - 0
FC Porto - Sporting, 0 - 0

Domingo, 28 de Fevereiro de 2021
Portimonense - Marítimo, 0 - 0
Tondela - Gil Vicente, 1 - 0
Nacional - Sp. Braga, 1 - 2

Segunda-feira, 1 de Março de 2021
Benfica - Rio Ave, 2 - 0
Moreirense - B SAD, 2 - 2

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página