Crónica: França exibe credenciais e bate 'anfitriã' Alemanha

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

A França mostrou hoje porque é a campeã mundial em título e a grande favorita a vencer o Euro2020, ao bater a Alemanha com mais clareza que o 1-0 mostra, no Allianz Arena, em Munique.
Crónica: França exibe credenciais e bate 'anfitriã' Alemanha

Um autogolo de Mats Hummels, aos 20 minutos, foi suficiente para o ‘onze’ de Didier Deschmaps entrar a vencer no Grupo F, o ‘grupo da morte’, liderado por Portugal, que, no primeiro jogo do dia, venceu a Hungria por 3-0, com três golos sobre o final.

O regressado central do Borussia Dortmund tinha sido, curiosamente, o autor do golo, desta vez na baliza certa, aos 13 minutos, que valeu o triunfo da Alemanha sobre a França no Mundial de 2014, em encontro dos quartos de final.

Desta vez, o seu golo deu o triunfo aos ‘bleus’, que, ao longo do encontro, tiveram outras oportunidades para aumentar a vantagem e ainda viram dois golos serem anulados por fora de jogo, um do ‘explosivo’ Kylian Mbappé e outro de Karim Benzema.

A formação gaulesa mostrou logo de início que vinha para ‘mandar’ e criou as primeiras oportunidades, quase consecutivas, num cabeceamento de Pogba, após um canto, aos 16 minutos, e depois num ‘tiro’ de Mbappé defendido por Neuer, aos 17.

Os gauleses adiantaram-se no marcador, sem surpresa, aos 20 minutos, num lance em que foram afortunados: depois de um grande passe de ‘trivela’ de Pogba da direita para a esquerda, Lucas Hernández centrou e Hummels, infeliz, traiu Neuer.

Em vantagem, a França desacelerou e, até ao intervalo, a Alemanha ameaçou a igualdade em duas situações, num cabeceamento ao lado de Thomas Müller, aos 22 minutos, e num remate na área de Gündogan, aos 38.

Na segunda parte, os comandados de Deschmaps deram o aparente domínio do jogo ao ‘onze’ de Joachim Löw, mas, em transições rápidas, foram semeando o ‘pânico’ na defesa germânica e, aos 52 minutos, Rabiot, isolado por Mbappé, atirou ao poste direito.

A resposta veio por Gnabry, que não atirou muito por cima da barra de um sempre atento Lloris, aos 54 minutos, e, aos 66, Mbappé marcou um grande golo, fazendo a bola entrar após bater no poste esquerdo, só que a jogada foi anulada por fora de jogo.

O mesmo jogador teve nova grande oportunidade aos 78 minutos, ao vencer com um impressionante ‘sprint’ o duelo a Hummels, que, experiente, ainda conseguiu um ‘milagroso’ corte.

Aos 85 minutos, em mais um rápido contra-ataque, Mbappé centrou da direita para o golo de Benzema, em mais uma grande jogada dos gauleses, mas novamente anulada por fora de jogo.

Os germânicos nunca deixaram de atacar e de tentar, na parte final com as entradas de Werner, Sane, Can e Volland, mas a França defendeu-se sempre muito bem, nunca se mostrando ‘aflita’ e com todos a darem o exemplo, como Griezmann.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 11 de Junho de 2021
Turquia - Itália, 0 - 3

Sábado, 12 de Junho de 2021
País de Gales - Suíça, 1 - 1
Dinamarca - Finlândia, 0 - 1
Bélgica - Rússia, 3 - 0

Domingo, 13 de Junho de 2021
Inglaterra - Croácia, 1 - 0
Áustria - Macedónia do Norte, 3 - 1
Holanda - Ucrânia, 3 - 2

Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
Escócia - Rep. Checa, 0 - 2
Polónia - Eslováquia, 1 - 2
Espanha - Suécia, 0 - 0

Terça-feira, 15 de Junho de 2021
Hungria - Portugal, 0 - 3
França - Alemanha, 1 - 0

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página