Europeu-2020: Selecionador dinamarquês orgulhoso com resposta à situação de Eriksen

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O selecionador da Dinamarca, Kasper Hjulmand, mostrou-se hoje orgulhoso com a exibição dos seus jogadores, apesar da derrota frente à Bélgica (2-1), no Euro2020, realçando que foi uma boa resposta ao grave episódio clínico com o futebolista Christian Eriksen.
Europeu-2020: Selecionador dinamarquês orgulhoso com resposta à situação de Eriksen

“A única coisa com que estou desiludido é o resultado. Não esperava muito deste jogo, mas só posso descrever o orgulho que sinto por esta equipa. Quatro dias depois de quase perder um dos seus companheiros, eles levantaram-se e jogaram um jogo destes, com muita qualidade, é extraordinário”, realçou em conferência de imprensa o técnico dinamarquês.

Kasper Hjulmand considerou mesmo que os seus jogadores “dominaram a melhor equipa do mundo”, e agradeceu o apoio que os dinamarqueses têm recebido depois de Christian Eriksen ter sofrido uma paragem cardíaca durante o primeiro jogo da Dinamarca no Europeu, frente à Finlândia.

“Quero agradecer imensamente a todos pelo apoio que recebemos. A nação inteira apoiou a equipa, com Christian Eriksen nas nossas cabeças e nos nossos corações. Ficámos muito emocionados quando ouvimos o hino, mas logo no início do jogo, apertamos o botão ‘on’ [ligado] e usámos toda a energia dada pelo estádio”, sublinhou o responsável.

E acrescentou: “É incrível ter zero pontos depois de qualidade mostrada nas nossas duas primeiras partidas. Mas ainda temos um jogo, cabe-nos a nós mudar as coisas e tenho um bom pressentimento".

A Dinamarca somou hoje a segunda derrota no Euro2020, sendo batida pela Bélgica por 2-1, na segunda jornada do Grupo B.

Em Copenhaga, num jogo em que se homenageou Christian Eriksen, Yussuf Poulsen adiantou os anfitriões, aos dois minutos, mas, na segunda parte, os belgas deram a volta ao resultado, com tentos de Thorgen Hazard, aos 54 minutos, e Kevin De Bruyne, aos 70.

Os belgas passaram a contar seis pontos, contra três de Rússia e Finlândia, depois de na quarta-feira os russos terem vencido os finlandeses por 1-0, e nenhum dos dinamarqueses.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página