Sporting: Rúben Amorim quer uma equipa competente para vencer o Vizela

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador de futebol do Sporting, Rúben Amorim, afirmou hoje que pretende uma equipa competente na receção desta sexta-feira ao Vizela com o intuito de conquistar os três pontos no arranque da I Liga.

Para Rúben Amorim, que falava em conferência de imprensa de antevisão ao encontro da primeira jornada da I Liga, apesar das ausências certas de Pedro Porro e Nuno Mendes – ambos lesionados -, o Sporting tem soluções para dar resposta às exigências e continua ativo no mercado.

“Pedro Porro e Nuno Mendes são os únicos indisponíveis. O Ruben Vinagre é uma das soluções para jogar amanhã (sexta-feira). Não posso dizer tudo. Em relação a Ugarte vamos ver o que vai acontecer. Até ao fecho do mercado pode haver entradas e saídas. Até ao momento estou satisfeito com o nosso plantel”, afirmou.

Na defesa do título nacional, Rúben Amorim garante que “o que passou, passou” e que a equipa está focada na temporada 2021/22, querendo já conquistar os primeiros três pontos esta sexta-feira.

“São fases diferentes. Temos de estar muito atentos, trabalhar muito. Vamos começar com o Vizela, é uma equipa que conhecemos bem e que já defrontámos quando estávamos no Sporting de Braga B (a equipa técnica). O mister (Álvaro) Pacheco disse para os jogadores do Vizela desfrutarem do jogo, mas não acredito que seja assim. O Vizela vai jogar para ganhar. E podem ganhar-nos. Observamos bem a equipa do Vizela. Tem alguns jogadores novos e um espírito de entreajuda igual ao nosso. Vamos tentar ganhar o jogo”, disse.

Para evitar surpresas, Rúben Amorim deu como exemplo a temporada passada.

“Depois de um título conquistado, o nosso foco foi mostrar aos jogadores que o Vizela é uma excelente equipa, que não tem nada a perder e isso dá liberdade. Todos os jogos são perigosos. No ano passado provámos que tudo é possível. Sabendo isso, os jogadores sabem o que têm de fazer. Temos de correr mais que o Vizela. Se o fizermos, somos mais fortes e vamos ganhar o jogo”, anuiu.

Em relação ao plantel dos campeões nacionais, Rúben Amorim reconhece que é “curto” e que por isso quase todos os jogadores estão convocados para o encontro com os vizelenses. Certo, é que apesar das poucas soluções para a posição de ponta de lança, existem "coelhos que podem sair da cartola".

“O Paulinho luta com Tiago Tomás nessa posição, quando há alguma emergência temos soluções. O melhor jogador de cabeça do Sporting é o Coates. Quando necessário poderá passar por lá. Quero um grupo competitivo. Quando resolvemos emprestar o Pedro Marques isso foi pensado”, disse.

O Sporting recebe esta sexta-feira, às 20:15, o Vizela, no jogo inaugural da primeira jornada da I Liga e que terá a arbitragem de António Nobre, da AF Leiria.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página