loading

João Pedro Sousa: «Queríamos ser ambiciosos, mas não o conseguimos fazer»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

Declarações de João Pedro Sousa, treinador do Boavista, após a derrota frente ao Benfica (1-3), em jogo da sexta jornada da I Liga, realizado hoje no Estádio da Luz, em Lisboa.

João Pedro Sousa: «Queríamos ser ambiciosos, mas não o conseguimos fazer»

O que condicionou a nossa fraca exibição na primeira parte foi a nossa forma de entrar no jogo. Queríamos ser ambiciosos, mas não o conseguimos fazer. O primeiro golo do Benfica surge pelo minuto 13 e até aí não tivemos mais de um minuto a bola. Conseguimos empatar ao forçar o erro do adversário. Depois, fomos demasiados ingénuos no segundo golo sofrido. A equipa quebrou aí. Ao intervalo retificámos, mudámos a nossa atitude, fomos mais reativos. Na segunda parte já disputámos mais o jogo, fomos à procura de ser felizes. Acho que o resultado é justo para o Benfica.

É um jogo rico para analisar. Percebemos neste jogo o que precisamos de fazer para sermos competitivos. Seguramente, ficaremos mais fortes e no futuro vamos abordar estes jogos com um grau de dificuldade maior de forma diferente.

Temos tido algumas lesões, os jogadores chegaram tarde na janela de transferências. O que me deixa satisfeito é que lutamos para vencer em todos os jogos.

Com um esquema de três centrais o primeiro golo não tem muita justificação. Quando tentámos sair era para atrair a primeira linha de pressão do Benfica. Tivemos dificuldades porque não conseguimos chegar ao jogo exterior. O Benfica pressiona muito. É muito difícil jogar com o Benfica. Temos de ser muito rápidos a reagir e a pensar.

É um orgulho para mim ver o Diogo Gonçalves e o Gil Dias, que jogaram comigo no Famalicão. A ‘culpa’ não é minha, é mérito do Diogo estar a jogar. Estou muito orgulhoso de representarem um grande clube”.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página