loading

Taça de Portugal: Trofense precisa do prolongamento para eliminar o Pevidém

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

O Trofense venceu hoje o Pevidém, por 3-1, no prolongamento da partida da segunda eliminatória da Taça de Portugal de futebol, depois de um tempo regulamentar equilibrado, em que prevaleceu um empate a uma bola.
Taça de Portugal: Trofense precisa do prolongamento para eliminar o Pevidém

A equipa da II Liga foi a primeira a marcar, por Diedhiou, aos 18 minutos, mas ainda na etapa inicial o Pevidém, que compete na Liga 3, resgatou a igualdade, por Sérgio Duarte, aos 26, num resultado apenas alterado no tempo extra, para os trofenses, com os tentos de Elias (90+5) e André Alves, na própria baliza, aos 112.

A equipa dos escalões profissionais até entrou no jogo a fazer valer o maior estatuto, levando uma bola à barra, logo aos 13 minutos, num cabeceamento de Matheus, e colocando-se em vantagem, pouco depois, numa jogada individual de Diedhiou culminada em golo.

O Pevidém não se atemorizou com atitude mais dominadora do adversário, e, já depois Costinha e Emanuel terem ameaçado marcar, acabou por ser Sérgio Duarte a inaugurar o marcador, aos 26, na sequência de um canto, a protagonizar um desvio precioso para o 1-1, que se manteve até ao intervalo.

Após o descanso, o equilíbrio foi nota dominante, com as duas equipas mais retraídas ofensivamente, e com o Pevidém a nunca deixar que o Trofense assumisse o controlo das operações, mostrando um posicionamento imaculado ao não conceder espaço ao adversário.

Não surpreendeu, por isso, que a igualdade se arrastasse até ao final do tempo regulamentar, forçando um prolongamento que foi bem mais profícuo para o Trofense, que mostrou então mais ‘frescura’ física.

Logo aos 95, Elias após exímia desmarcação, surgiu isolado frente ao guarda-redes do Pevidém e não sentiu dificuldades para recuperar a vantagem do conjunto da Trofa, num tento que quebrou animicamente os anfitriões.

Já aos 112, André Alves teve um desvio ligeiro a um cruzamento de Bruno Almeida, colocando a bola na própria baliza e dando ao Trofense o 3-1 final.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página