loading

Crónica: Paços e Belenenses SAD empatam num jogo de domínio repartido

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Belenenses SAD somou hoje o quarto empate consecutivo na I Liga de futebol, largando o último lugar, após recuperar de uma desvantagem de dois golos em Paços de Ferreira (2-2), em jogo da sétima jornada.
Crónica: Paços e Belenenses SAD empatam num jogo de domínio repartido

Num jogo de domínio repartido, o Paços entrou melhor e cedo ganhou uma vantagem de dois golos, com tentos de Nuno Santos, aos 12 minutos, e de Hélder Ferreira, aos 20, mas o Belenenses SAD transfigurou-se no segundo tempo e alcançou com mérito o empate, graças aos remates vitoriosos de Ndour e de Safira, aos 60 e 76, respetivamente.

Com este resultado, o Paços de Ferreira subiu por agora ao sétimo lugar, agora com nove pontos, enquanto o Belenenses SAD passou a somar quatro, agora no penúltimo lugar, ainda em zona de descida.

Os locais, com apenas duas alterações no ‘onze’, cedo deram mostras de querer apagar a ‘ferida’ provocada pela derrota caseira diante do Boavista (2-1), na Taça da Liga, tomaram a iniciativa e, em velocidade, conseguiram encontrar brechas para chegar à baliza do Belenenses SAD, uma equipa com três modificações na equipa inicial e que pareceu meio perdida no seu próprio sistema tático.

Até ao golo madrugador, aos 12 minutos, o Paços já tinha ameaçado a baliza por duas vezes, com destaque para o remate de Denilson, aos 11, após troca de bola com Hélder Ferreira, autor da assistência para o golo de Nuno Santos, na jogada seguinte, após recuperação de bola de Luiz Carlos próximo da área adversária.

O golo animou os locais e inspirou Lucas Silva, que, aos 16 minutos, atirou uma ‘bomba’ ao poste da baliza de Luiz Felipe, que voltaria a ser batido, quatro minutos depois, num livre ensaiado: Antunes ameaçou o remate e serviu curto Luiz Carlos, que amorteceu para a finalização de Hélder Ferreira.

A reação do Belenenses SAD chegou tarde e de forma ténue: Afonso Sousa protagonizou o primeiro remate (ao lado), aos 34 minutos, e Ndour, aos 42, ganhou espaço pela primeira vez na área pacense, mas o remate foi travado na defesa.

Tudo seria diferente no segundo tempo, com Petit a optar por uma defesa a quatro e a reforçar o ataque com dois extremos (Rafael Camacho e Pedro Nuno) agressivos e rápidos, o suficiente para contagiarem os colegas e transformarem a equipa amorfa num conjunto capaz de correr atrás da desvantagem e discutir o resultado.

Ndour reduziu aos 60 minutos, aproveitando um alívio incompleto de Rui Pires na área pacense, num lance em que também foi interveniente Rafael Camacho, decisivo na recuperação da equipa.

O jogador cedido pelo Sporting enviou uma bola ao ‘ferro’ (71 minutos) e esteve nos melhores lances da equipa, que viria a chegar ao empate por Safira, aos 76 minutos, que já ameaçara antes o golo, na sequência de um canto.

O jogo ficou ainda mais aberto e o Paços, que reagiu tarde, voltou a estar perto da vitória, por Lucas Silva, num cabeceamento ao ‘ferro’ e Marco Baixinho, mas Pedro Nuno, já nos descontos, também podia ter marcado para o Belenenses, que pediu penálti no lance.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2021
Sporting - Marítimo, 1 - 0
Gil Vicente - FC Porto, 1 - 2

Sábado, 25 de Setembro de 2021
Moreirense - Arouca, 2 - 1
V. Guimarães - Benfica, 1 - 3
Tondela - Famalicão, 3 - 2

Domingo, 26 de Setembro de 2021
Santa Clara - Sp. Braga, 1 - 1
Portimonense - Vizela, 0 - 0

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2021
Paços Ferreira - B SAD, 2 - 2
Boavista - Estoril, 1 - 1

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página