loading

Taça de Portugal: Leixões goleia Vilaverdense e avança na competição

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

O Leixões, da II Liga, goleou hoje, em casa, o Vilaverdense, do Campeonato de Portugal, por 5-1, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e apurou-se para a fase seguinte da prova.

Taça de Portugal: Leixões goleia Vilaverdense e avança na competição

Os visitantes, que lideram a Série A do Campeonato de Portugal sem derrotas e com 13 pontos em cinco jogos, sofreram a sua primeira derrota oficial nesta época, tendo resistido ao poderio leixonense quase até ao intervalo.

O Leixões sentiu algumas dificuldades durante cerca de meia hora ante a bem organizada equipa do Länk Vilaverdense, até que Kiki criou a primeira situação de perigo para baliza de Pedro Freitas aos 33 minutos.

Sapara ameaçou marcar aos 41 minutos através de uma jogada individual e conquistou um canto do qual iria surgir o 1-0. Kiki bateu esse canto e Yuri, ao primeiro poste, cabeceou forte e abriu o marcador, apesar da estirada de Pedro Freitas.

O Leixões esteve melhor na segunda parte e Kiki fez o 2-0 no seguimento de uma jogada de insistência iniciada por Diogo Leitão e de um primeiro remate ao poste esquerdo da baliza adversária.

O Vilaverdense pode queixar-se da forma como Baptista falhou um golo de baliza aberta, aos 53 minutos, até porque Jeferson Encada elevou para 3-0 dois minutos depois, finalizando um cruzamento da esquerda de Kiki.

Os visitantes reagiram e lograram reduzir aos 66 minutos, por Zé Pedro Cerqueira, que surgiu ao segundo poste e aproveitou uma saída deficiente de Stefanovic para cabecear para baliza e marcar.

O golo espevitou um pouco o Vilaverdense, mas o Leixões acabou com as dúvidas que ainda poderia haver quanto ao vencedor através de um livre direto que Thalis transformou no 4-1 com um remate colocado.

Luan Santos, outro suplente leixonense que fez o gosto ao pé neste encontro, tal como Encada e Thalis, fez o resultado final aos 76 minutos, cabeceando com êxito um cruzamento de Seck, numa altura em que as forças do Vilaverdense já estavam quase no fim.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página